26 C
Vitória
quinta-feira, 7 julho 2022

Poligamia e poliadultério? Brasileiro com 8 esposas busca mais duas mulheres

Casamento Foto: Divulgação

Arthur, O Urso, se casou com 9 mulheres, mas uma se divorciou pois o queria “só para ela”. Agora quer ter 10 mulheres e filhos com todas elas. O que diz a Bíblia?

Por Lilia Barros

Para os que se lembram da história inusitada do brasileiro que viralizou no exterior por se casar com 9 mulheres, ele está de volta com uma notícia que está chamando a atenção da mídia. Arthur, conhecido como O Urso, busca mais duas mulheres e quer filhos com todas elas. Atualmente ele está com 8 porque uma delas se divorciou pois cansou da relação poliamorosa e queria algo monogâmico. Agora, Arthur pretende aumentar esse número para 10.

No ano passado, Arthur O Urso casou com suas esposas. O grupo decidiu “oficializar” união para celebrar o posicionamento contra a monogamia. O caso chamou atenção de portais internacionais, que noticiaram o caso. O “casamento” foi tema de matérias na Inglaterra e até a China.

Em entrevista ao site americano “Daily Star“, o brasileiro disse que Agatha, a mulher que decidiu sair da relação, o queria “só para ela”. Ele afirma que é preciso “compartilhar”. Arthur O Urso diz que ficou “muito triste com a separação”, mas que ficou surpreso com a desculpa de Agatha para colocar um ponto final na relação.“Ela disse que estava sentindo falta de um relacionamento monogâmico.

Poliadultério?

Casado há 57 anos com a professora Adenir Leite, o pedagogo e pastor Samuel de Souza Leite, 90 anos, comenta o caso deste brasileiro. “Deus criou um Adão para uma Eva e tudo o que aconteceu depois foi fruto do pecado do ser humano. A atitude desse homem é antibíblica, anticristã, um absurdo, um desrespeito às leis brasileiras, uma loucura de um elemento desiquilibrado. Além de ser poligamia, é também uma espécie de ‘poliadultério’ de humanidade totalmente pervertida. Esse grupo de mulheres estão como palha no rodamoinho da tempestade pecaminosa, são como palhas no vento. O conselho que dou para os casais que querem viver juntos até o fim é: “Vivam na presença do Senhor Jesus, na força do amor, na tolerância um do outro porque sem suporte não tem como, mas no temor a Deus vocês conseguem!”, diz o pastor.

Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne. (Mt.19:5)

O Princípio da Monogamia proíbe o matrimônio com mais de uma pessoa e determina que haja fidelidade recíproca do homem com a esposa e vice-versa. Dessa forma, é imposto que todas as relações de afeto, comunhão, carnais, de deveres e obrigações sejam realizadas com apenas um cônjuge.

No Brasil a poligamia é considerada crime pelo Código Penal Brasileiro, com pena máxima de 3 anos (para quem compartilha o cônjuge) a 6 anos (para quem tem vários cônjuges) e o casamento poligâmico não é válido para o nosso Direito de Família, sendo esta escritura nula, nos termos do artigo 166.
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se