25.4 C
Vitória
quinta-feira, 22 outubro 2020

Polícia cumpre 29 mandados contra pedofilia no RJ

Leia também

Tereza Cristina diz ver potencial para crescimento no comércio com países árabes

Em meio à crise decorrente da covid-19, o Brasil demonstrou capacidade de cumprir com seus compromissos internacionais

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques

O desembargador evitou se posicionar se é favorável ou não a uma revisão na prisão após condenação em segunda instância

Ministro da Saúde testa positivo para covid-19

Pazuello já havia tido febre e passado mal no início da semana, deixando, inclusive de participar de cerimônias públicas

Operação teve como alvo grupos que atuavam na Baixada Fluminense

A Polícia Civil realizou nessa quinta (30), uma operação de combate à pedofilia e abusos sexuais contra crianças e adolescentes, na Baixada Fluminense. A ação, batizada de Haziel (anjo protetor das crianças), teve a finalidade de cumprir 29 mandados de busca e apreensão. De acordo com a Polícia Civil, oito pessoas foram presas até o momento.

A ação teve como alvo pedófilos que atuam principalmente nos municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Nova Iguaçu e Seropédica, onde a quantidade de ocorrência desses crimes subiu muito nos últimos meses.

As investigações duraram cinco meses e decorreram de várias denúncias de abusos sexuais praticados em Duque de Caxias. Vinte e nove alvos foram identificados. Segundo a polícia, são pessoas comuns, que moram na Baixada, e que fazem por contra própria os vídeos dentro de suas residências e vendem o material.

Os investigadores usaram recursos de informática para rastrear a navegação dos pedófilos na internet. Ao longo das investigações, fotos e vídeos com crianças foram encontradas, inclusive, vídeos envolvendo sexo com bebês.

Segundo a titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Caxias, Fernanda Fernandes, os criminosos conhecem as crianças, começam a ganhar a confiança delas e passam a fazer a produção do material. Normalmente, são pessoas ligadas à família das vítimas.

“Eles têm a oportunidade de estarem a sós com essas crianças e bebês e praticam esse tipo de crime. Tem criminoso que trabalha, tem família, tem filho, convive com sobrinhos, com parentes. Um preso trabalha em um supermercado. Infelizmente, a pedofilia não tem cara. E o pedófilo pode estar mais próximo de você do que se pensa”, avaliou a delegada.

Entre os presos, está também o policial militar reformado José Carlos Nascimento, preso em flagrante após exames feitos pelos agentes em seu computador. De acordo com a polícia, ele baixava constantemente vídeos de pedofilia.

As penas podem chegar a 18 anos de prisão e podem tipificar variadas condutas: armazenar material de pornografia infantil, que prevê pena de 4 anos; disponibilizar vídeos na internet, com pena que pode chegar a 6 anos; e produzir conteúdo, punível com 8 anos de prisão.

*Texto: Douglas Corrêa, Agencia Brasil


Leia mais

Escola de pedofilia – o episódio do homem nu

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Agora é lei no Rio: atividade religiosa é serviço essencial

Lei publicada no diário oficial do estado nesta sexta-feira, 18, reconhece a atividade religiosa como essencial em períodos de crise, ocasionadas por doenças contagiosas ou catástrofes naturais. Saiba mais!

Procuradoria Eleitoral pede investigação contra Crivella por ‘Guardiões’

Nesta terça-feira, 2, a Polícia Civil do Rio cumpriu nove mandados de busca e apreensão contra funcionários da prefeitura suspeitos de participar do esquema de "Guardiões"

Após ‘trégua’, Rio volta a registrar alta nos números da covid-19

Com 15.560 óbitos confirmados desde o início da pandemia, o Estado do Rio se equipara às regiões que foram mais duramente atingidas pela infecção

Congresso deve se reunir para decidir destino de Flordelis

Apontada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio (MPRJ) como mandante do assassinato, Flordelis teria arquitetado o crime por estar insatisfeita com a forma com que o pastor geria o dinheiro da família

MP denuncia Flordelis por ‘arquitetar’ assassinato do marido e faz operação

O MP informou que com relação à deputada, não foi requerido mandado de prisão, em razão de sua imunidade parlamentar

Está preso homem que estuprou e engravidou menina de 10 anos no ES

A polícia prendeu na madrugada desta terça-feira, 18, o acusado de estuprar e engravidar no Espírito Santo uma menina de dez anos. Ele era tio da criança, que teve a gravidez interrompida em um hospital no Recife.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson

A fascinante história do menino de rua que virou milionário

A superação de um jovem australiano de 22 anos que virou milionário, busca inspirar outras pessoas em situações semelhantes. Conheça essa história fantástica!

Rayssa Peres em “Somos mulheres de Deus”

Música é uma homenagem às mulheres. Conheça a canção!

Deive Leonardo de volta as pregações presenciais

Fenômeno da internet, Deive Leonardo grava a primeira série presencial em Itajaí (SC) depois de um bom tempo sem gravar por conta da pandemia.