29.6 C
Vitória
terça-feira, 1 dezembro 2020

Ministério da Saúde discute compra de vacina indiana

Leia também

USP lança teste rápido de covid-19 pela saliva

Um dos grandes desafios dos pesquisadores foi padronizar o teste, ou seja, criar soluções químicas que mantivessem o coronavírus estável

O Tribunal de Justiça do Rio escolheu seu novo presidente

Henrique Figueira, que foi deputado estadual no Rio e ocupou secretaria na prefeitura durante a gestão Cesar Maia (PFL, hoje DEM)

Azul antecipa fim de acordo de redução de jornada

A redução de salário era de 45% entre o terceiro trimestre de 2020 e o primeiro trimestre de 2021, quando o porcentual começa a cair

O ministério afirma, “os resultados dos testes em andamento e as condições de compra, logística e armazenamento oferecidas pelo laboratório”

Por Mateus Vargas (AE)

O Ministério da Saúde receberá nesta semana representantes de desenvolvedoras de vacinas contra a covid-19. Como mostrou o Estadão, técnicos da pasta devem ouvir propostas sobre o fornecimento de imunizantes da Pfizer, Johnson & Johnson e do Instituto Gamaleya, que desenvolve a Sputnik V. Além destas empresas, a Saúde informou nesta terça-feira, 17, que conversará com a empresa indiana Bharat Biotech, que deseja levar ao mercado a Covaxin.

As reuniões começam a partir desta terça, 17. A primeira conversa será com a Pfizer. Não há compromisso firmado pelo governo para a compra destes imunizantes. O discurso no ministério é de que o governo comprará a primeira vacina segura que chegar ao mercado. O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, chegou a vetar a compra da Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, pois quem lidera as tratativas para o acesso da droga no Brasil é o governador paulista João Doria (PSDB).

Segundo dados preliminares de estudos de “fase 3” das vacinas, o último antes de as empresas pedirem o aval para registro e comercialização da droga, os produtos da Pfizer, Johnson & Johnson e a Sputnik V têm mais de 90% de eficácia contra a covid-19. A Covaxin entrou recentemente em “fase 3” de estudos.

Há testes em andamento no Brasil relacionadas às vacinas da Pfizer e Johnson & Johnson, entre outras. A Sputnik V e a Covaxin, porém, ainda não são avaliadas no País.

Em nota, o ministério afirma que a ideia é conhecer, nas reuniões, “os resultados dos testes em andamento e as condições de compra, logística e armazenamento oferecidas pelo laboratório”. A Saúde ainda afirma que a compra das vacinas deve ocorrer quando estudos comprovarem total segurança e eficácia do produto e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o registro. “A pasta deve apresentar, em breve, o plano de imunização da população brasileira contra a covid-19”, diz o comunicado.

O ministério também afirma que a primeira remessa de vacinas deve estar disponível, no Brasil, no primeiro semestre de 2021 “e contemple inicialmente o grupo de risco da doença, que serão definidos pelos aspectos epidemiológicos, de eficácia e de segurança da vacina a ser utilizada”.

Segundo fontes do ministério, uma dúvida no governo é sobre como garantir o armazenamento de vacinas que exigem temperaturas baixíssimas. Uma alternativa apresentada pela Pfizer é usar embalagens com gelo seco para manter os imunizantes refrigerados por mais dias.

O ministério acompanha 270 pesquisas sobre vacinas com a covid-19. A aposta do governo, por enquanto, é no imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford (Reino Unido) e o laboratório AstraZeneca. O governo investiu cerca de R$ 2 bilhões para comprar 100 milhões de doses desta vacina, além de equipar a Fiocruz para produção independente da droga.

Em outra frente de atuação para encontrar uma vacina, o Brasil espera receber doses para 10% da população por meio do consórcio Covax Facility, liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) O País investiu R$ 2,5 bilhões para entrar no consórcio.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Esperança! Bebê de Singapura nasce com anticorpos da covid-19

Mãe, que foi infectada durante a gravidez, teve um bebê que nasceu sem a infecção. Caso está sendo estudados por médicos de Singapura. Caso surpreendeu a medicina. Saiba mais!

USP lança teste rápido de covid-19 pela saliva

Um dos grandes desafios dos pesquisadores foi padronizar o teste, ou seja, criar soluções químicas que mantivessem o coronavírus estável

Reunião entre Bolsonaro e Fernández termina

A Presidência da República e o Itamaraty ainda não divulgaram informações sobre a reunião com Fernández

A única cidade no Brasil que não tem casos de covid-19

Com quase 1.200 habitantes, Cedro do Abaeté (MG) é a única cidade no país que não tem nenhum caso de covid-19. Saiba mais!

OMS: mais dados sobre vacinas são necessários

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom afirmou que vários países no mundo "conseguiram controlar a covid-19, e em comum entre eles, a testagem"

Bolsonaro diz que nunca chamou covid-19 de ‘gripezinha’

Diferentemente do que o presidente afirma agora, porém, ele comparou, sim, os sintomas da covid-19 a uma gripe em mais de uma ocasião

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!

“40 Dias – O Milagre Da Vida” nas plataformas de streaming

Filme foi lançado no dia 15 de outubro, em mais de 200 salas em todo o Brasil. E agora será possível assistir em casa, pelo seu aplicativo. Saiba mais!

Superação: “Deus me cercou de anjos”, diz Chris Nikic

Chris Nikic, 21 anos, é a primeira pessoa com o distúrbio genético a finalizar o Ironman, a prova esportiva mais difícil do mundo. Saiba mais!