26.9 C
Vitória
sábado, 26 setembro 2020

“Pessoas de fé não podem ser intimidadas” declara Trump

Leia também

Lizi Benites, ex-dançarina do Pânico e o evangelho

Após passar um período difícil na vida, Lizi Benites, que ficou famosa como dançarina do Pânico na TV conheceu o evangelho e sua vida se transformou. Saiba mais!

Governo federal libera entrada de estrangeiros por aeroportos de todo o País

A Portaria diz ainda que o estrangeiro em viagem de visita ao País para estada de curta duração, de até 90 dias

Governo de SP irá subsidiar 161 mil computadores a professores

Doria anunciou também o repasse de R$ 352 milhões a 166 mil servidores da rede pública de ensino, entre professores, diretores e agentes da educação

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na última quinta-feira (04), uma ordem executiva durante a celebração do Dia Nacional da Oração, em Washington e destacou que a “a fé está profundamente enraizada na história do país”

A nova política pode significar duras perdas para a militância LGBT e também movimentos ateístas ou pró-abortos, que têm se lançado contra comunidades cristãs, nos EUA. A ordem também pode ser mais um passo em direção às organizações religiosas se posicionarem de forma mais firme em questões políticas.

“A fé está profundamente enraizada na história de nosso país, no espírito de nossa fundação e na alma de nossa nação”, disse Trump durante o encontro, realizado com com líderes religiosos e funcionários da Casa Branca.

O presidente declarou que seu governo seria “líder pelo exemplo” sobre a liberdade religiosa nos Estados Unidos.

Líderes religiosos oraram no Rose Garden, antes que Trump assinasse a ordem executiva.

Trump prometeu durante sua campanha eleitoral, que iria revogar a Emenda Johnson, que proíbe organizações isentas de impostos como igrejas, de estabelecerem um posicionamento político. Sua ordem executiva relaxa a aplicação de multa sobre a infração desta emenda. Enquanto a ordem executiva sinaliza uma promessa mantida, a revogação completa da emenda Johnson exigiria outras ações do Congresso.

A ordem executiva, chamada “Promovendo a Liberdade de Expressão e Liberdade Religiosa”, também dá o direito às empresas que se opõem a uma normativa do programa Obamacare sobre a contracepção em saúde. Isso se baseia no caso da rede de lojas ‘Hobby Lobby’ no Supremo Tribunal, em 2014.

A empresa se recusou a fornecer às suas funcionárias, pílulas contraceptivas, porque considerava que esta era uma violação da Lei de Restauração Liberdade Religiosa.

Em outros casos, profissionais como confeiteiros, fotógrafos e floristas cristãos foram condenados em tribunais norte-americanos por se recusarem a atender a encomendas ou prestarem serviçis para casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Estes profissionais alegaram que não gostariam de trabalhar em algo que ia contra os seus princípios de fé.

Grupos cristãos e conservadores dos Estados Unidos também celebraram a assinatura da ordem executiva.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Após 50 anos, pastor Charles Stanley deixa o cargo

Antigo pregador da Primeira Igreja Batista de Atlanta, nos EUA, pastor Charles Stanley, 87 anos, se aposentou do cargo que atuou por 50 anos. Saiba mais!

Fé e coragem! Menino de 5 anos emociona soldado ao orar

Ato de fé e coragem do menino de 5 anos foi compartilhado nas redes sociais do soldado Dan Otterson, que integra a Força Nacional. Saiba mais!

EUA parabenizam Brasil por Dia da Independência

Nota assinada pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, diz que os dois países trabalham pela promoção da democracia e dos direitos humanos.

Casos de covid estão se estabilizando no Brasil e nos EUA, diz diretora da Opas

Carissa Etienne destacou que a doença, hoje ainda pandêmica, estará presente no mundo por anos - por isso, a ampliação de sistemas de saúde e o aumento de médicos por habitantes se faz fundamental

Em Ashland, EUA: Prefeito consagra cidade à Deus

Durante um encontro de oração em Ashland (Ohio), EUA, prefeito pediu por misericórdia e graça e consagrou a cidade à Deus. 

“Jerusalém é a cidade de Deus”, diz Mike Pompeo

Durante um discurso transmitido em Jerusalém, o secretário de estado dos EUA, Mike Pompeo relembrou as políticas do governo Trump em favor de Israel.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Confrajovem 2020 será online; Saiba mais!

O Confrajovem é um evento anual da Lagoinha Matriz que atrai jovens do mundo inteiro para adorar e buscar a Deus em uma só voz. Neste ano o evento será on-line. Saiba mais!

Live: Lançamento do Evangelho de João em Libras

Lançamento do evangelho de João em Libras será nesta sexta-feira, 25, pelo Youtube. Saiba mais!

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Novo álbum de Gabriela Rocha em parceria com Spotify

Gabriela Rocha ficou conhecida mundialmente e soma mais de 2 bilhões no YouTube. Saiba mais!

Priscilla Alcântara dá voz a trilha sonora de “A caminho da Lua”

"Vou voar", canção-tema da animação "A Caminho da Lua" está disponível em todas as plataformas na voz de Priscilla Alcântara. Filme estreia na Netflix...

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!

Fred Arrais: “quero deixar a minha marca”

Com história na música cristã através do movimento worship, Fred Arrais inicia um novo momento na sua carreira com a Sony, com um objetivo: "vou cantar minha vida, minha história", diz