21 C
Vitória
domingo, 29 maio 2022

Estudo: jovens cristãos e muçulmanos compartilham a fé com cautela

Foto: Reprodução

O objetivo é descobrir como eles utilizam as mídias sociais para se apresentarem, como também para expressar a fé que professam

Por Patricia Scott 

Uma pesquisa da Universidade de Agder, na Noruega, aponta que os jovens noruegueses muçulmanos e cristãos são cuidadosos com o conteúdo religioso que compartilham nas redes sociais. A justificativa, segundo eles, é para evitar a exclusão social e os conflitos, além de não perder oportunidades de trabalho.

Os pesquisadores entrevistaram 25 jovens, sendo 13 mulheres e 12 homens, com idades entre 16 e 35 anos, que atuam em duas congregações muçulmanas e duas congregações cristãs em Oslo. O objetivo da pesquisa, de acordo com o Evangelical Focus, é examinar como jovens muçulmanos e cristãos com origens étnicas minoritárias em Oslo refletem sobre a utilização das mídias sociais como uma maneira de se apresentar, como também expressar a religiosidade.

Os pesquisados foram separados em três grupos: aqueles que evitam compartilhar ou publicar qualquer coisa relacionada à religião nas redes sociais; os que mantêm uma distinção clara entre a forma como eles se apresentam nos vários grupos em que participam e os que compartilham conteúdos religiosos. O levantamento revela que os jovens não expressam suas crenças religiosas e identidades nas redes sociais são na maioria homens, que apresentaram motivos diferentes de justificativa. No entanto, a maioria tem medo de ser excluída da comunidade de amigos e receber estereótipos.

“Para os cristãos, a motivação de compartilhar conteúdos religiosos era principalmente querer mostrar sua identidade religiosa para seus amigos, mas para os muçulmanos, era mais sobre confrontar e mudar uma imagem negativa do Islã na sociedade norueguesa”, pontua o estudo.

Ficou também evidenciado na pesquisa que todos os entrevistados que compartilham conteúdo religioso são cautelosos. Alguns deles postam mensagem inofensiva e positiva com um tom religioso, relacionado muitas vezes a celebrações e crenças religiosas, além de símbolos que permitem diferentes interpretações.

 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se