21 C
Vitória
domingo, 29 maio 2022

Pesquisa: Bolsonaro sobe 9 pontos, entre evangélicos, e Lula perde 4

Foto: Reprodução

Foram ouvidas duas mil pessoas entre os dias 5 e 8 de maio, presencialmente. Todas com mais de 16 anos. Saiba mais!

Por Patricia Scott 

Se o pleito eleitoral à presidência da República ocorresse hoje, Bolsonaro alcaçaria 47% dos votos dos evangélicos, e Luiz Inácio Lula da Silva, 30%. Em contrapartida, entre os católicos, o cenário é diferente. Lula surge com 53% das intenções de votos, enquanto Bolsonaro atinge 27%. Os dados são da pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira (11).

O levantamento indica ainda que, desde fevereiro, Bolsonaro tem conquistado eleitores no segmento evangélico. No último mês, ele cresceu 9% entre os evangélicos. Já o candidato petista perdeu 4%.

O cientista político e diretor da Quaest, Felipe Nunes, detalha que 47% dos evangélicos “não ficaram sabendo da fala de Lula sobre aborto”, em abril. Na ocasião, o ex-presidente defendeu o debate sobre a ampliação do direito à interrupção da gravidez. Isto porque, segundo Lula, é uma “questão de saúde pública”. No entanto, ao serem informados, 62% dos eleitores evangélicos afirmaram que podem mudar o voto para um candidato que compartilhe o mesmo posicionamento da fé cristã.

Na análise de Felipe Nunes, o desempenho do presidente Bolsonaro entre os evangélicos está diretamente relacionado à pauta do aborto. “Aqueles que tomaram conhecimento da posição dada por Lula já começam a migrar para o presidente. O que eu sugiro é que o efeito será ainda maior no futuro quando mais gente souber do assunto.”

Este é o primeiro mês desde julho de 2021 que os evangélicos avaliam o governo de forma mais positiva (36%) que negativa (32%), de acordo com a Quaest. Foram ouvidas duas mil pessoas na pesquisa Genial/Quaest, entre os dias 5 e 8 de maio. Todas com mais de 16 anos. A coleta dos dados aconteceu presencialmente. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Com informações UOL

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se