22.7 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

Paulo Zamparo mostra de forma bem-humorada diferenças entre casais

Humorista cristão Paulo Zamparo. Foto: Victor Rodrigues.
Humorista cristão Paulo Zamparo. Foto: Victor Rodrigues.

Em entrevista à Comunhão, o humorista cristão falou sobre a carreira, e sua peça “Essa Costela em Minha” em cartaz pelo Brasil 

Por Victor Rodrigues

Muita gente acha que ser engraçado é um dom. E, realmente, algumas pessoas são mais desinibidas e desenvolvem essa habilidade naturalmente. O humorista Paulo Zamparo é uma delas. Há mais de 13 anos, ele faz desse talento um trabalho e, também, um ministério, uma vez que faz as pessoas rirem e até enxergarem de forma positiva os desafios do dia a dia. 

Fundador do projeto Santo Riso, primeiro grupo de humor cristão do Brasil e do show “Essa Costela é Minha”, primeiro show de Stand Up voltado para casais na igreja, o humorista viaja o país realizando apresentações. 

Comunhão conversou com Paulo, que destacou importantes momentos do início da carreira e de sua trajetória como humorista. Zamparo também inspira novos comediantes que, hoje, fomentam o humor cristão. 

- Continua após a publicidade -

É possível utilizar o humor cristão como estratégia de evangelismo? 

Paulo Zamparo – Sim. Eu faço isso há 13 anos. Comecei em 2011, fui líder de jovens durante muito tempo e comecei a usar humor como estratégia de evangelismo. Ao final do Stand Up, fazia a mensagem evangelística. Depois que eu me casei, criei esse show ‘Essa Costela é Minha’, em que também deixo uma palavra de edificação para os casais. Isso foi algo que meu pai, que era pastor, sempre me ensinou, que por onde a gente vai precisamos levar Jesus junto. A gente sempre pode plantar uma semente, então, independentemente do trabalho e do que você faça, é possível ser luz.

Paulo Zamparo apresenta "Essa Costela é Minha" em Vitória (ES). Foto: Victor Rodrigues.
Paulo Zamparo apresenta “Essa Costela é Minha” em Vitória (ES). Foto: Victor Rodrigues.

Como surgiu a ideia de fazer o espetáculo “Essa Costela é Minha”?

Surgiu depois que eu me casei. Antes de casar, eu já participava de alguns eventos de casais. Quando me casei, fui para o “outro lado” e comecei a reparar que não tinha, e como eu já sou dessa área, eu já falava isso, veio um insight falando assim, não tem um stand up voltado para esse público, e eu preciso fazer. E comecei a criar, e a ministrar em uns eventos de casais, e o negócio foi crescendo e aí chegou na Stund Up.

Você tem um vídeo viral em que fala com humor da morte do seu pai. O que quis transmitir naquele vídeo?

Meu pai foi um pastor muito engraçado, pregava com humor. Ele utilizava o humor nas pregações para manter a atenção da galera. Como ele teve uma morte tranquila, descansou, eu explico no vídeo da doença que ele teve, como foi o velório, que teve um culto, e o pessoal cantou, louvou, lembrou de coisas engraçadas com ele. Mas a ideia é fazer uma reflexão para os jovens sobre isso, porque precisamos honrar pai e mãe em vida,  pois depois que morre não adiante a gente se culpar, chorar. Precisei ouvir os conselhos do meu pai enquanto ele estava vivo, e com esse vídeo, consegui evangelizar muitas pessoas no direct do Instagram. Passei uma mensagem sobre esse vínculo pai e filho, é sejam próximos dos seus pais e honre o seu pai e a sua mãe.

Quais são suas principais referencias do humor? Como iniciou a carreira? 

Comecei assistindo um show do Rodrigo Carceres, imitador incrível, da igreja Sara Nossa Terra em São Paulo, ele fez um show beneficente na igreja dele, e eu fui com uma galera assistir, e o cara fez o stand up na igreja. E foi através disso que eu comecei a ter ideias de começar. Minha outra referência no humor é o Afonso Padilha, tenho contato com ele, e ele desenvolve bem qualquer tipo de assunto na comédia. No meio cristão, Douglas de Lima me ajudou a voltar a gravar conteúdos, e sou muita grato a ele por isso, também tenho ele como uma referências, é um humorista incrível.  

Destaque humoristas cristão que estão crescendo na cena do humor? 

Hoje a cena cristã está crescendo muito, citei o Douglas de Lima, tem o Robinho CQG, o Israel Targino, Lúcio Sincero, Vinicius Tarel, Dênis Ricardo, Pastor Gaúcho, Rafael Oliveira e muitos outros nomes de amigos que estão crescendo na cena da comédia cristã do país. 

Trecho do Stund Up de Paulo Zamparo!

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -