25.5 C
Vitória
quinta-feira, 18 agosto 2022

Família cristã: como criar filhos ‘no caminho’ da Palavra de Deus?

Família lendo a Palavra de Deus. Foto: Reprodução

O pastor norte-americano Henry T. Blackaby, em sua experiência na criação de filhos, dá conselhos práticos aos pais cristãos 

Por Victor Rodrigues 

Os pais são os principais exemplos para a formação da personalidade de uma criança. Dessa forma, é muito importante conduzir os filhos “no caminho” como alerta a Palavra de Deus. 

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”, Provérbios 22:6. 

Antes de mais nada, para tornarem-se exemplos no processo de criação, os pais devem examinarem “a si mesmos”, como aconselha o Apóstolo Paulo no livro de 1 Coríntios 11:28. Esse é um dos mandamentos bíblicos para que os filhos “tornem-se imitadores” de suas condutas, como descrito em 1 Coríntios 11:1. 

Sendo assim, o pastor norte-americano Henry T. Blackaby, conhecido por seus livros e artigos, escreveu a respeito da importância dos pais “serem autênticos em sua fé”. 

Henry T. Blackaby é o fundador da Blackaby Ministries International e um pastor evangélico influente. Foto: Reprodução

Um servo cristão em casa

O pastor e autor norte-americano, Dr. Blackaby, em sua experiência na criação de filhos disse que o objetivo dele e de sua esposa era “criar uma atmosfera familiar onde Deus tivesse a oportunidade máxima de colocar Sua mão sobre seus filhos e usá-los como Ele escolheu”. 

A princípio, o pastor destacou a importância da “constância” na vida dos pais e citou uma oração importante que deve ser feita: “Senhor, ajuda-me a viver de forma transparente, honesta e aberta diante de Ti, de tal forma que meus filhos queiram servir ao Deus que veem em mim”.

Uma das formas de nutrir o coração servo nos filhos, é apoia-los nos sonhos e objetivos. Por outro lado, é muito importante sempre estar disponível para dar conselhos.  Segundo o Dr. Blackaby, Deus criou o homem como interdependente e que as famílias são o cenário primário no qual as crianças podem praticar sua confiança e ao mesmo tempo a  sua interdependência. 

No entanto, quando precisarem de ajuda no processo de criação dos filhos, os pais devem ser suficientemente corajosos para pedir ajuda. 

Compromisso de fé 

A maioria dos cristãos na América do Norte demonstrou ter se comprometido com Jesus em uma idade muito jovem. De acordo com a Grace Communion International, um estudo do Barna Research Group mostrou que 75% a 85% dos cristãos tinham de fato “feito seu compromisso de fé inicial antes dos 15 anos”.

A pesquisa também sugeriu que a probabilidade de se tornar um cristão entre 5 e 13 anos é de 32%.

Isso levou os pesquisadores a acreditar que as crianças têm uma “abertura particular ao amor de Deus e à mensagem do evangelho” e que isso cria uma oportunidade perfeita para nutrir o coração servo neles. 

Da mesma forma, a mídia cristã oferece uma variedade de livros sobre Jesus apropriados para crianças. A partir de histórias, vídeos e outros materiais de aprendizagem, as crianças agora podem aprender facilmente sobre Deus. 

Uma boa prática, é enfrentar perguntas difíceis que as crianças fazem sobre Deus. De acordo com a Igreja Metodista Unida dos Estados Unidos, não há problemas em não ter algumas perguntas e responder “não sei” e construir as respostas juntos. Ser tão honesto encoraja as crianças a serem honestas também e procurarem ajuda quando necessário. 

Em conclusão, certifique-se de proferir palavras de bênção para nutrir o coração de um servo cristão na vida dos filhos, essa também é uma forma excelente para ensiná-las a Palavra de Deus. 

*De Victor Rodrigues com informações de Christianity Daily. 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se