Crise na cultura: pastora Jane é demitida do cargo

pastora_jane-Regina-2-site
Jane foi convidada pela própria Regina para assumir o cargo no fim de janeiro. Foto: Facebook

Secretária da Diversidade Cultural, pastora Jane Silva ocupava posto número 2 da pasta desde o final de janeiro e havia assumido temporariamente o comando da secretaria

A Secretaria Especial da Cultura mudará de comando mais uma vez, de forma provisória, antes da atriz Regina Duarte assumir definitivamente a área. Nesta sexta (7), o ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, anunciou, em nota, a exoneração da pastora Jane Silva, da Secretaria de Diversidade Cultural.

Após a demissão de Roberto Alvim, no início do ano, Jane ocupou interinamente o comando da Secretaria da Cultura.

“Por decisão do Ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, a Secretária de Diversidade Cultural da Secretaria Especial de Cultura, Jane Silva, será exonerada nesta data. Ainda não há nenhuma definição sobre quem irá ocupar o cargo”, diz a nota.

De acordo com fontes, Alvaro Antonio ficou insatisfeito com decisões tomadas por Jane sem o seu conhecimento. A aliados, ele disse que a pastora agiu com “insubordinação” e “tentou passar por cima” dele. Alvaro Antonio pretende nomear outra pessoa interinamente para assumir o comando da Secretaria até que a atriz Regina Duarte resolva questões pessoais e assuma, enfim, o posto.

Convite ao cargo

Jane foi convidada pela própria Regina para assumir o cargo no fim de janeiro. O convite estremeceu a classe artística. Pessoas que até então apoiavam a ida da atriz para a pasta foram surpreendidas pela decisão.

Conversas nos bastidores já indicavam desentendimento entre as duas. O comentário era que Jane estava tentando passar por cima da chefe nas atribuições da pasta. Segundo relatos, a reverenda quis exonerar funcionários e tomar decisões sem falar com a atriz, o que teria aborrecido Regina.

*Da redação, com informações das agências