26 C
Vitória
quarta-feira, 26 janeiro 2022

Caso Linhares – depoimento de pastor será investigado

Foto: Pastor Abisaí Junior está sendo investigado por depoimento em prol de Georgeval Alves. Reprodução/Facebook

Abisaí Junior é amigo de Juliana Salles e Georgeval Alves. O depoimento que deu à polícia dias após a morte dos meninos Kauã e Joaquim será investigado.

O Ministério Público Estadual (MPES) solicitou uma nova investigação relacionada à morte dos irmãos Kauã e Joaquim em um incêndio criminoso, em Linhares. Um pastor amigo de Georgeval Alves e de sua mulher, Juliana Salles, e ainda um dos líderes da igreja Batista e Paz e Vida em Conceição da Barra, será investigado por falso testemunho. A informação foi confirmada pelo Ministério Público do Estado.

O pastor Abisaí Júnior esteve na Delegacia Regional de Linhares, dias após o incêndio junto de outro pastor, também amigo do casal, que é líder da denominação em Pinheiros. Eles procuraram o delegado para prestar depoimento a pedido dos advogados de defesa de George. A Igreja Batista e Paz e Vida não é filiada à Convenção Batista Brasileira (CBB).

Os detalhes sobre o teor do depoimento e nem os motivos pelos quais foi considerado falso, não foram informados pelo MPES. Ainda não se sabe qual delegado deverá conduzir as novas investigações solicitadas pelo MPES.


Leia mais

Caso Linhares – Pastor deve continuar preso
“Mãe poderia ter evitado a tragédia”, diz promotoria
Enterro dos irmãos mortos em Linhares (ES)
Protestos marcam um mês da tragédia

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se