21.8 C
Vitória
quinta-feira, 9 abril, 2020

Linhares – Polícia diz que “pastor” matou filho e enteado

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Justiça destina R$ 2,5 bilhões da corrupção para a saúde

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar, ainda, a aplicação de R$ 51 milhões no combate ao novo coronavírus.

Caixa cadastrou 10 milhões benefícios emergenciais em seis horas

A expectativa do banco e encerrar o dia com 20 milhões de benefícios cadastrados. Confira! 

Antes de reunião com Mandetta, Bolsonaro defende, nas redes, uso de cloroquina

O uso dos medicamentos é uma das divergências entre Bolsonaro e Mandetta. O encontro ocorre dois dias depois da ameaça de demissão do ministro ter sido quase concretizada. Saiba mais!

Israel, Páscoa, o Êxodo e a “praga coronavírus”

"No Livro do Êxodo, lemos que 'os israelitas gemeram em sua escravidão e clamaram, e Deus ouviu seus gemidos", disse o presidente de Israel. Confira!

“Um pastor escandalizar o evangelho por cometer um pecado já é algo lamentável. Um pastor cometer crimes hediondos é algo inimaginável”

Por meio de uma coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (23), o secretário de Segurança Pública, Nylton Rodrigues, e a equipe composta por delegados, peritos, bombeiros esclareceu como ocorreu o crime.

“Esse é um caso estarrecedor pela monstruosidade e crueldade com que foi cometido. As investigações e os resultados são esclarecedores e inegáveis. O inquérito será encaminhado ao Ministério Público (MP) e ao poder judiciário para que a justiça seja aplicada”, declarou Nylton Rodrigues.

De acordo com o delegado e chefe da 16ª delegacia regional de Linhares, André Jaretta Ardison, esta é uma “cena de crime complexa, por isso exigiu tantas perícias e uma investigação tão profunda”.

“A versão apresentada pelo acusado, o pastor George Alves, tinham inúmeras incongruências. Laudos periciais também eram incompatíveis com o que ele vinha alegando à polícia. As lesões apresentadas pelo investigado também eram incompatíveis com o laudo da perícia apresentado. Esses fatores passaram a sugerir que era um incêndio criminoso. Por isso, a policia viu como necessária uma força-tarefa entre a polícia de Linhares para chegarmos ao real motivo do incêndio”, disse o delegado.

Investigação

De acordo com as investigações, as crianças foram abusadas sexualmente pelo acusado. Com proposito de ocultar a cena, George praticou violência, espancando as crianças. O sangue encontrado no box do banheiro era de Joaquim. Após a agressão, o pastou colocou-as desacordadas na cama. Usou um líquido inflamável e ateou fogo no quarto, fazendo com que as crianças fossem mortas por causa das chamas e não por causa da fumaça.

Segundo o perito criminal da Polícia Civil, Fabricio Pelição, foi confirmado, por meio das análises laboratoriais, que foi utilizado combustível para acelerar o processo do alastramento do fogo no local. Sobre o envolvimento da esposa do acusado, Juliana Salles, o delegado André Jaretta disse que não há indícios de que houve participação ou conveniência dela. Mas ela não tem conhecimento do caso e nem foi ouvida.

“É uma pessoa com distanciamento emocional e com ausência de vínculo afetivo com a família, mas o investigado se sobressai a esse perfil. A crueldade dos atos em si faz-se perceber a continuação do distanciamento emocional, usando da frieza. Ele usava da fé para se esconder desse perfil”, ressaltou a delegada de Crimes contra Crianças e Adolescentes, Suzana Garcia.

Caso George seja condenado, pode pegar pena de 126 anos pelos crimes de duplo homicídio qualificado e duplo estupro de vulnerável.

Caso

Os irmãos Joaquim Alves Sales, de 3 anos, e Kauã Sales Burkovsky, de 6 anos, morreram no dia 21 de abril. Os corpos das crianças foram encontrados carbonizados, dentro de um quarto da residência onde moravam, em Linhares.

Georgeval Alves Gonçalves, 36 anos, mais conhecido como George, era o único que estava em casa com os irmãos. Ele alegou que acordou com o choro pela babá eletrônica e percebeu que o quarto dos meninos estava em chamas. Ele foi preso no dia 28 de abril e não foi ouvido mais depois disso.

Posicionamento da Igreja

No início das investigações, várias igrejas se manifestaram com orações para a família. Mas o que não se esperava era o fato de um líder ministerial ser apontado pela polícia como responsável pela morte das crianças. “Ao receber uma notícia dessa ficamos atordoados, pensando a que ponto chegou a maldade do ser humano e vindo de um pastor nos deixa ainda mais chateados”, declarou o pastor Jeferson Pereira, da Igreja Presbiteriana Central de Presidente Prudente, São Paulo.

O pastor Ebenezer Ferreira Silva, que lidera há 25 anos a Igreja Batista Novo Horizonte em Linhares, desconhecia George e tão pouco a instituição que ele pastoreava.

“Nós estamos perplexos com a situação, isso nos deixa estarrecidos. Um pastor escandalizar o evangelho por cometer um pecado já é algo lamentável. Um pastor cometer crimes hediondos é algo inimaginável para qualquer cristão que busque seguir os passos de Jesus. Especialmente, quando olhamos para a Bíblia e vemos que o pastor deve ser um exemplo para os fiéis. Espero que a justiça seja feita e que ele pague a sua pena”, declarou.


Leia mais

Caso Linhares – Protestos marcam um mês da tragédia
Enterro dos irmãos mortos em Linhares (ES)
Tragédia em Linhares: membros da Igreja acreditam na inocência de pastor

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Inovação! Kemuel lança primeiro single em inglês

Com participação de Amanda Malela, a versão de “O Teu Amor” dá início a um novo momento na carreira do grupo

Lives, podcasts cristãos, aumento do consumo digital

Em tempos de isolamento social hoje é consumo digital. Cantores e pastores brasileiros usam lives e publicam podcasts com conteúdos específicos para seus membros Em...

Conheça as novas artistas da Sony Music

Amanda Loyola, que é capixaba, foi destaque do quadro de Jovens Talentos do Raul Gil e Thais Castro, que é líder do ministério de louvor da igreja Por Amor de São Bernardo do Campo (SP). Agora as duas integram o time Sony Music

Brasileira cria projeto que conecta pacientes isolados

O projeto "Acortando la Distancia", da brasileira Giovanna Angiolillo, 44 anos, que mora em Madri, na Espanha, ajuda pacientes isolados com coronavírus, a conectar com suas famílias