22.4 C
Vitória
quinta-feira, 26 novembro 2020

Pastor é suspenso por suspeita de uso de dinheiro da igreja para libertar escravas sexuais

Leia também

Faturamento do setor de máquinas cresce pelo 5º mês seguido, diz Abimaq

Segundo a Abimaq, deve-se ao aumento dos investimentos no Brasil com máquinas e equipamentos fabricados localmente

Força Tarefa vai atrás de arquivos de pedofilia na Deepweb

Black Dolphin, em referência a uma prisão localizada na fronteira com o Casaquistão conhecida por abrigar presos condenados à prisão perpétua

Saúde recebe estudo para ampliar validade de testes

Considerado "padrão ouro", o RT-PCR é um dos exames mais eficazes para diagnosticar a covid-19, além de ser arma poderosa

O reverendo Andrew White, líder da igreja anglicana no Iraque e conhecido como o “Vigário de Bagdá” foi suspenso da Fundação para o Alívio e Reconciliação no Oriente Médio, organização cristã que ele presidia.

O motivo seria o uso de dinheiro da igreja para comprar escravas sexuais do Estado Islâmico e libertá-las.
A Igreja Anglicana está fazendo uma investigação do caso desde o mês passado. Limitou-se a emitir um comunicado que diz: “Não seria apropriado fazer comentários sobre uma investigação ativa, além de dizer que a Fundação acredita que, nesta fase, o incidente mostrou um desejo genuíno do reverendo White em ajudar os outros”.

O pastor foi responsável pela Igreja Anglicana de St. George, em Bagdá, durante anos, sendo o único pastor estrangeiro a ficar na cidade após o início da guerra, em 2003. Ele saiu do país dois anos atrás, após repetidas ameaças de morte do Estado Islâmico.
De volta à Inglaterra, passou a colaborar com a Fundação para o Alívio e Reconciliação no Oriente Médio. Também faz viagens constantes à Amã, capital da Jordânia, onde trabalha com refugiados.
Após a imprensa noticiar que estavam fazendo um trabalho de caridade com ex-escravas sexuais do Estado Islâmico, seu trabalho passou a ser questionado. White nega as acusações, afirmando que “em nenhum momento pagamos dinheiro a quaisquer terroristas”. Ele explica que seu trabalho sempre esteve focado em ajudar as fugitivas e nunca envolveu dar dinheiro a terroristas.
White também disse que não estava diretamente envolvido com o trabalho de Steve Maman, empresário canadense que já libertou mais de 100 meninas cristãs e yazidis das mãos do Estado Islâmico.  Sua organização é acusada de pagar entre dois e três mil dólares para comprar uma escrava sexual. Embora as liberte, foi severamente criticado, acusado de ajudar o tráfico humano na região a crescer.

Debate ético
Embora seja o criador da Fundação, ela está subordinada à Igreja Anglicana. A imagem do pastor Andrew continua no site da instituição que vive de ofertas voluntárias. Segundo relatórios, o orçamento anual é cerca de 4,5 milhões de dólares. Além do Iraque, eles fazem trabalhos humanitários em diversas partes do Oriente Médio.
Em sua conta do Facebook, o pastor não comentou a investigação. Ele está em Israel, onde tem trabalhado junto com grupos que promovem o diálogo religioso. O seu caso é tratado pela imprensa como um debate ético. Levanta-se a antiga questão de qual é o custo de uma vida.
O pastor ficou conhecido por denunciar ao mundo os horrores da guerra religiosa. Embora negue ter dado dinheiro aos terroristas, alegando que suas declarações foram tiradas de contexto, sofreu severas críticas. Parte da liderança anglicana acredita que o dinheiro doado à igreja de modo algum poderia ser usado para “comprar” pessoas. Outros entendem que, uma vez que essa é a única maneira de libertar as meninas, esse tipo de atitude seria aceitável.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Preso enquanto pregava na rua no Maranhão

Por determinação da juíza Anelise Nogueira Reginato, titular da 1ª Vara da Comarca de Coroatá (MA), pastor foi levado para delegacia por realizar culto na rua. Saiba mais!

Por “defender a verdade” bispo é punido, mas renuncia

Ao ser punido pela direção da igreja Episcopal em Nova York, nos EUA por defender o casamento entre homem e mulher, bispo é punido por "violar a disciplina da igreja"

Pastor e Presbítero morrem afogados no interior de SP

Pastor e presbítero morrem afogados após batismo em uma represa de Nazaré Paulista (SP), no domingo, 25. Saiba mais!

Fred Arrais: Música e palavra por todos os cantos do Brasil

Pastor, cantor e compositor Fred Arrais, há 19 anos usa seus dons para espalhar a mensagem do evangelho pelas igrejas do país a fora. Conheça essa trajetória de sucesso!

Pastor é morto a tiros enquanto orava em culto no Distrito Federal

Uma mulher que participava do culto foi atingida de raspão no pé. Crime aconteceu em Águas Claras (DF). Saiba mais!

China: Espancamento e prisão de cristãos; Veja vídeo!

Cada vez mais intensa a perseguição religiosa na China, um grupo de policiais invadiu uma igreja durante um culto, espancou pastor e prendeu mais de 50 cristãos. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 

Conferência pastoral Fidelidade Extrema

Realizado pela Associação Evangelística Billy Graham, a Conferência começou hoje, 13 e vai até amanhã. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Fernandinho e os 16 anos de Ministério pastoral

Uma das maiores referências musicais no mercado gospel, Fernandinho, completou 16 anos de ministério pastoral: "Quero continuar servindo ao meu Deus e à Sua Igreja!", escreveu o cantor

Primeira brasileira a presidir Tribunal de Apelações da ONU

“Na presidência, quero tentar honrar essa tradição brasileira de boa diplomacia, com respeitabilidade honestidade e boa-fé”, disse a magistrada

Deive Leonardo grava última série do ano: Confira!

Gravação será no dia 12 de dezembro, em São José do Rio Preto (SP). Saiba mais!

Atriz é demitida por se posicionar contra a homossexualidade

Após usar sua página no facebook para escrever seu posicionamento contra a homossexualidade, a atriz cristã foi demitida de uma peça de teatro que participaria como atriz principal. Saiba mais!