18.8 C
Vitória
sábado, 20 agosto 2022

Pastor é acusado de intolerância religiosa e MP do Acre investiga caso

Pastor Rodrigo Dias. Foto: Reprodução / Instagram
Por Victor Rodrigues 
 

O Ministério Público do Acre (MP-AC) divulgou um comunicado de que vai investigar um pastor que critica a presença de um padre, uma mãe de santo e um pastor entrando de mãos dadas em um templo religioso.

O vídeo é comentado pelo pastor Rodrigo Dias de São Paulo (SP) e foi divulgado na última sexta-feira (20). A postagem é intitulada “Inacreditável! Pastor, padre e mãe de santo juntos na igreja. Onde iremos parar”.

As imagens que recebeu comentários do pastor, são de um culto ecumênico feito em janeiro de 2020 no Acre por formandos de psicologia e mostram a entrada de um padre, a mãe de santo Marajoana de Xangô, de mãos dadas em celebração. Entre os formandos estava uma mãe de santo da Tenda de Umbanda Luz da Vida. 

“Olhando apenas com os olhos carnais, pode parecer algo normal, para algumas pessoas pode ser até bonito, como atitude de pedir o fim da intolerância religiosa ou dos ataques contra outras religiões. Mas, olhando através de uma ótica espiritual, podemos ver que existem coisas muito mais profundas por trás dessa cena”, diz no vídeo.

Denúncia

Um centro de Ubanda localizado em Rio Branco, Acre, divulgou nota de repúdio contra os comentários do pastor. Após a denúncia, o Ministério Público do Acre (MP-AC) divulgou um comunicado de que vai investigar o suposto crime.

Além do referido pastor, a nota também repudia um canal religioso, do qual ele também aparece criticando e com discursos de ódio contra outras religiões.

Assista 

*Com informações do G1

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se