23.2 C
Vitória
segunda-feira, 18 janeiro 2021

Os passos para vencer a ansiedade pré-vacina

No Brasil, cerca de 13,3 milhões de pessoas foram diagnosticadas com ansiedade. Saiba quais os passos para vencer isso e focar no trabalho em 2021

O ano de 2021 mal começou e para 68% dos brasileiros será um ano melhor que 2020, segundo o Datafolha. Mas, ainda não sabemos quando a tão esperada (e sonhada) vacina chegará. Com a ameaça de mutação do vírus e o medo de seguirmos em isolamento por este ano continua nos perseguindo.

A única coisa que podemos ter a certeza é que 2020, causou mudanças drásticas e acelerou muitos processos tecnológicos. O “novo normal”, com trabalho home office, jornada reduzida, máscaras e álcool em gel veio para ficar.

Segundo um estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), o número de pessoas com síndromes ligadas à ansiedade mais que duplicou e está em crescente pelo país. Ligada, principalmente ao estresse e ao acúmulo de funções trazidas pelo novo normal.

“Estamos todos querendo voltar às nossas rotinas, mas precisamos entender que o mundo como era antes, já não vai mais existir. Temos que nos adaptar às novas tecnologias e formas de trabalho, além de tentar delimitar nossas funções. Precisamos mudar nossa forma de encarar o trabalho e nossas perspectivas”, aponta Rogério Silva, CEO do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos).

Ele assumiu o posto de CEO da empresa logo no início da pandemia e levou para o CEBRAC o uso de IA (inteligência artificial), para detectar as dificuldades dos alunos e montar estratégias para que eles possam aproveitar 100% a grade curricular.

Há mais de 25 anos no mercado, a rede de cursos profissionalizantes CEBRAC, se viu em um momento crucial. “Nunca pensamos que nossos cursos seriam online, isso era um futuro distante, mas 2020 fez acelerarmos o processo. Transformar o conteúdo presencial para o online foi nosso grande desafio, e podemos dizer que obtivemos êxito”, explica Jefferson Vendrametto, Diretor de Relações Institucionais do CEBRAC.

Pensando nisso, o CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos), formulou 4 passos para combater o estresse e a ansiedade no trabalho:

Se organize e trace suas metas

Reavaliar o ano que passou é ótimo, para que possamos traçar novos horizontes e para isso é necessário a organização do seu tempo. Faça planilhas ou um planner, diário, mensal e anual. Estabeleça metas diárias, de médio e longo prazo e quais alternativas você tem. Anote, e siga. Assim você foca nos seus desafios diários e não no mundo externo.

Desconecte

Todo mundo acorda conectado e passamos a cada minuto do nosso dia ansiando por estarmos conectados. Estabeleça um limite de tempo para checar os emails e sim: vire o celular para baixo. Não conecte whatsapp, facebook ou instagram (se você os utiliza no trabalha, deixe um tempo para checar, por exemplo 30 minutos).

Faça pausas

Fazer pausas a cada 1 hora de trabalho para beber água, se esticar ou simplesmente pegar um café, pode tirar sua atenção do trabalho e quando retornar dar mais foco. Mas lembre-se de não exagerar, aproveite esses pequenos momentos para socializar com os amigos, ou com um animal de estimação. Lembre-se: o tempo de pausa deve ser cronometrado.

Fortaleça o cuidado consigo mesmo

Se a ansiedade está atrapalhando, faça uma meditação. Um exercício físico ou até mesmo a busca por terapia são cuidados que devemos tomar para que nossa saúde mental não piore. Outro ponto chave é a alimentação saudável e praticar coisas consigo mesmo que tirem o estresse do dia-a-dia.

O home office, se não bem equilibrado, traz muito estresse, porque a pessoa nunca vai parar de trabalhar estando em casa. Buscar o equilíbrio nesta situação é importante. E, se perceber que está saindo do controle: Faça Terapia.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

As 5 tendências em saúde para 2021

Os insights sobre esse comportamento forneceram uma análise das propensões que estarão em crescimento nos próximos 12 meses

PGR pede que Witzel preste explicações sobre suposta ameaça

Wilson Witzel usou as redes sociais para se manifestar. Ele afirmou que apenas exerceu seu 'direito sagrado de defesa'

Atividades divertidas ajudam a evitar depressão infantil

O isolamento social enfrentado neste período de pandemia de covid-19 pode agravar a ansiedade e depressão nas crianças. Saiba mais!

Juiz manda Saúde esclarecer ‘feijões mágicos’, de pastor Valdemiro

Pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus sugere uso das sementes de feijões para combater a covid-19. Saiba mais!

Clínicas particulares devem seguir plano de imunização

A Covaxin obteve no sábado, dia 2, recomendação de uso emergencial na Índia, mas os dados sobre a sua eficácia ainda são desconhecidos

Doenças psicossomáticas crescem na pandemia

Durante a pandemia, várias doenças psicossomáticas tiveram incidência maior, principalmente as que parecem com os sintomas da covid-19. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Vietnã ganha a primeira Biblioteca pública cristã

Vietnã ocupa a 19 colocação na Lista Mundial da Perseguição de 2021, da Portas Abertas. Saiba mais!

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.

“Abandono” é o novo single da Banda Catedral

Canção inédita é uma crítica social 

Morre o pai da cantora Cassiane

O anúncio de sua morte foi feito pelas redes sociais de Cassiane. As causas da morte ainda não foram reveladas pela família. Saiba mais!