24 C
Vitória
sexta-feira, 16 abril 2021

Os passos para vencer a ansiedade pré-vacina

No Brasil, cerca de 13,3 milhões de pessoas foram diagnosticadas com ansiedade. Saiba quais os passos para vencer isso e focar no trabalho em 2021

O ano de 2021 mal começou e para 68% dos brasileiros será um ano melhor que 2020, segundo o Datafolha. Mas, ainda não sabemos quando a tão esperada (e sonhada) vacina chegará. Com a ameaça de mutação do vírus e o medo de seguirmos em isolamento por este ano continua nos perseguindo.

A única coisa que podemos ter a certeza é que 2020, causou mudanças drásticas e acelerou muitos processos tecnológicos. O “novo normal”, com trabalho home office, jornada reduzida, máscaras e álcool em gel veio para ficar.

Segundo um estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), o número de pessoas com síndromes ligadas à ansiedade mais que duplicou e está em crescente pelo país. Ligada, principalmente ao estresse e ao acúmulo de funções trazidas pelo novo normal.

“Estamos todos querendo voltar às nossas rotinas, mas precisamos entender que o mundo como era antes, já não vai mais existir. Temos que nos adaptar às novas tecnologias e formas de trabalho, além de tentar delimitar nossas funções. Precisamos mudar nossa forma de encarar o trabalho e nossas perspectivas”, aponta Rogério Silva, CEO do CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos).

Ele assumiu o posto de CEO da empresa logo no início da pandemia e levou para o CEBRAC o uso de IA (inteligência artificial), para detectar as dificuldades dos alunos e montar estratégias para que eles possam aproveitar 100% a grade curricular.

Há mais de 25 anos no mercado, a rede de cursos profissionalizantes CEBRAC, se viu em um momento crucial. “Nunca pensamos que nossos cursos seriam online, isso era um futuro distante, mas 2020 fez acelerarmos o processo. Transformar o conteúdo presencial para o online foi nosso grande desafio, e podemos dizer que obtivemos êxito”, explica Jefferson Vendrametto, Diretor de Relações Institucionais do CEBRAC.

Pensando nisso, o CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos), formulou 4 passos para combater o estresse e a ansiedade no trabalho:

Se organize e trace suas metas

Reavaliar o ano que passou é ótimo, para que possamos traçar novos horizontes e para isso é necessário a organização do seu tempo. Faça planilhas ou um planner, diário, mensal e anual. Estabeleça metas diárias, de médio e longo prazo e quais alternativas você tem. Anote, e siga. Assim você foca nos seus desafios diários e não no mundo externo.

Desconecte

Todo mundo acorda conectado e passamos a cada minuto do nosso dia ansiando por estarmos conectados. Estabeleça um limite de tempo para checar os emails e sim: vire o celular para baixo. Não conecte whatsapp, facebook ou instagram (se você os utiliza no trabalha, deixe um tempo para checar, por exemplo 30 minutos).

Faça pausas

Fazer pausas a cada 1 hora de trabalho para beber água, se esticar ou simplesmente pegar um café, pode tirar sua atenção do trabalho e quando retornar dar mais foco. Mas lembre-se de não exagerar, aproveite esses pequenos momentos para socializar com os amigos, ou com um animal de estimação. Lembre-se: o tempo de pausa deve ser cronometrado.

Fortaleça o cuidado consigo mesmo

Se a ansiedade está atrapalhando, faça uma meditação. Um exercício físico ou até mesmo a busca por terapia são cuidados que devemos tomar para que nossa saúde mental não piore. Outro ponto chave é a alimentação saudável e praticar coisas consigo mesmo que tirem o estresse do dia-a-dia.

O home office, se não bem equilibrado, traz muito estresse, porque a pessoa nunca vai parar de trabalhar estando em casa. Buscar o equilíbrio nesta situação é importante. E, se perceber que está saindo do controle: Faça Terapia.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se