27 C
Vitória
sábado, 27 fevereiro 2021

Existem passagens na Bíblia que são erradas de serem aplicadas a nós hoje?

“É preciso reconhecer o que é permanente e válido para nós, e o que é temporal, local e cultural”

Sim, certamente sim! Este assunto é delicado, e reconhecemos isto, mas há muitos teólogos cristãos, comprometidos realmente com as Escrituras, que reconhecem que há limites para a aplicação de determinadas passagens bíblicas ao nosso contexto, até pelo fato de muitos preceitos bíblicos brotarem de contextos históricos e culturais muito diferentes do nosso e, portanto, serem aplicáveis apenas àqueles contextos e àquele momento histórico.

Particularmente, estou convencido de que doutrinas fundamentais da fé cristã são universais, atemporais e aplicáveis a qualquer povo em qualquer cultura, mas reconheço também que há muitos preceitos eclesiais, que praticamos em nossas igrejas, que são construtos nossos, e que precisam ser relativizados e revistos.

Consideremos, por exemplo, a questão de usos e costumes, motivo de muita polêmica em nossas igrejas. Baseando-se equivocadamente em determinadas passagens da Bíblia, muitos líderes assumiram uma postura excludente em relação a cristãos no interior de diversas denominações. Infelizmente, não poucas pessoas sofreram com isto, e a Bíblia foi (e ainda é em alguns casos) usada para legitimar determinadas posturas nesse sentido.

Outra aplicação histórica de passagens bíblicas que vem sendo feita, a meu ver, de maneira muito equivocada, é a que envolve a questão do divórcio. Baseando-se em passagens como Mateus 19 e Deuteronômio 24, muitos cristãos condenam ao Inferno pessoas que se divorciaram e casaram novamente, quando estes textos nem estão realmente falando de divórcio como conhecemos em nossa cultura. Nesta hora, é necessário distinguir entre o que é preceitual e entre o que é local, específico e atrelado àquele momento histórico. É o que se chama na Exegese de Sitz im leben, o “lugar vivencial” que dá origem ao texto bíblico.

Neste último caso, na questão do divórcio, o preceito é claro e é permanente: a vontade de Deus é que o casamento nunca acabe, como Jesus diz em Mateus 19: “O que Deus uniu não separe o homem”. O problema começa daí para frente quando criamos uma série de preconceitos, abordagens reducionistas e assumimos posturas excludentes em relação às pessoas que passaram por isto em nome de “defender a Bíblia”. Por isto, concluo dizendo que é preciso reconhecer o que é permanente e válido para nós, e o que é temporal, local e cultural. A Bíblia nos apresenta as duas coisas. A distinção se dará mediante a leitura constante e estudo sério, usando ferramentas da Hermenêutica e da Exegese.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Posso querer não andar com alguém?

Anônimo Sim, é bíblico se afastar. As Sagradas Escrituras nos afirmam em Amós 3:3: “Andarão dois juntos se não estiverem de comum acordo?” Não. Porque...

Devemos comemorar o Natal?

"Tenha o cuidado de manter o aniversariante no centro da celebração." O aniversário de um grande amor. Vamos entrar pelo caminho da afetividade humana. Depois...

Só oração resolve o vício em pornografia?

Pergunta anônima Em primeiro lugar reconhecer o vício em pornografia e buscar ajuda principalmente de pessoas que conheçam o assunto e sejam confiáveis. O processo...

Como se portar diante da questão da Graça e do Legalismo?

Lucas Amorim Graça x Legalismo – Deve-se agir com respeito, mas tentar entender o porquê que lhe convidaram, com qual motivo e até onde se...

O que a Bíblia fala sobre tatuagem?

Por se tratar de um assunto polêmico, Comunhão ouviu dois posicionamentos sobre o tema.  Tatuagem é pecado? A FAVOR: Tatuagem é manifestação cultural e, a meu ver,...

“Lançando sobre Ele toda a ansiedade”, mas como?

Pergunta anônima Os processos de ansiedade são naturais aos seres humanos, pois são respostas fisiológicas em momentos de perigo. As mesmas sensações ocorrem quando o...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!