Parque Botânico da Vale comemora 15 anos

Parque Botânico da Vale comemora 15 anos

Para celebrar uma década e meia de preservação e contato direto com a natureza, uma programação especial para toda a família durante o mês de maio

Espaço aconchegante, com muito verde, ideal para contemplar a natureza e reunir a família. É assim que o Parque Botânico da Vale, localizado em Jardim Camburi, Vitória (ES), é visto pela sociedade capixaba e turistas de outros Estados.

Fundado em maio de 2004, o local já recebeu uma média de 2,5 milhões de visitantes ao longo dos seus 15 anos de existência e já foi ganhador do Prêmio Findes/Senai de Meio Ambiente na Categoria “Educação Ambiental” e “Atitude Sustentável” realizado pela Rede Gazeta na “Categoria Empresa”.

Para comemorar o aniversário, a Vale preparou uma programação especial, com o objetivo de oferecer à sociedade capixaba uma opção diversificada de cultura, educação e saúde. A programação será comemorada intensamente até o final do ano.

O espaço, com 33 hectares de área verde, possui cinco trilhas ecológicas disponíveis para os visitantes. “O Parque Botânico Vale é uma área de floresta em regeneração que representa 38% da área operacional. As trilhas têm extensão de 3.235km e são excelentes para quem deseja ter contato com a natureza e ainda se divertir”, relata o coordenador do Parque, Vitor Maciel.

O parque faz parte do cinturão verde do Complexo Industrial Vale, que ocupa 38% da área operacional, no limite norte do município de Vitória/ES, fazendo divisa com o município de Serra/ES. Abriga m​ais de 140 espécies de árvores, além de animais silvestres que podem ser vistos por lá.

“São mais de 21 espécies de anfíbios, 14 de répteis, 131 de aves, cinco de mamíferos silvestres e sete espécies de morcegos. Como animais predominantes, podemos citar a águia-pescadora, grande ave de rapina migratória; o miudinho, espécie indicadora de qualidade ambiental, o guaxe, com aparição pioneira na cidade; e o sagui-da-cara-branca, espécie endêmica da Mata Atlântica”, destaca.

Maciel explica a importância do Parque no contexto atual de desenvolvimento urbano da região. “O Parque Botânico da Vale cumpre um papel importante para a conservação da fauna e flora nativas junto com outras áreas florestais na Grande Vitória, fazendo com que seja um componente importante em um cenário fragmentado composto por metapopulações”.   

Vagão do conhecimento

Além de todo o verde, os visitantes contam com um espaço que alinha conteúdo técnico ao meio ambiente. O “Vagão do Conhecimento” abriga 3.500 exemplares, com predominância de livros relacionados à literatura de romance e infantil, com o objetivo de incentivar a leitura de todas as faixas etárias.

“Por meio dos livros que contam a trajetória da Vale e seu processo produtivo, mostramos a importância da diversidade biológica do Espírito Santo e como a empresa contribui para a promoção das ações de conservação destes espaços. O público também tem acesso a um acervo técnico científico e com temas intimamente relacionados à educação ambiental”, enumera Vitor.

Durante as visitas escolares, as crianças interagem com todo esse conteúdo. “Para a Vale, é de grande importância a participação das futuras gerações no seu processo de construção, compartilhando experiências e reforçando ainda mais o nosso compromisso com a transparência, mantendo um diálogo aberto com as comunidades, contribuindo com conhecimento nas mais diversas áreas da educação, formando pessoas mais críticas e preocupadas com o meio ambiente”, ressalta o coordenador.

“O parque é lindo demais. As crianças se divertiram muito, aproveitaram as trilhas e ficaram encantadas com o Vagão do Conhecimento.  Meu filho foi com a escola e chegou em casa me perguntando que dia voltaria. Quando me mandaram as fotos do passeio, ele fez relatos encantadores”, conta a personal trainer Simone Spínola, mãe do Davi (foto), que visitou o parque em abril, pouco antes de fazer 6 anos.

Programação

Durante todo o mês de maio, festejando os 15 anos, o Parque Botânico da Vale contará com uma programação especial nos finais de semana. Os visitantes que já passaram por lá, participaram de oficinas de artes, recreação, espetáculo circense, troca de livros e outras atividades.

No Dia das Mães, celebrado no último domingo (12), o público foi agraciado com uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Estado do Espírito Santo (Oses), além de uma oficina de jardinagem, com arranjos de suculentas para as mamães.

O objetivo da programação principal é comemorar a data ofertando lazer à sociedade. “Esta é uma forma de estreitar o relacionamento da Vale com os capixabas. Queremos apresentar uma opção diversificada de cultura, educação e saúde por meio de um cronograma especial”, finaliza Vitor.

Confira as próximas programações:

25 de maio (sábado)
Oficina de Artes – Bilboquê
Horários: 10h l 11h l 14h l 15h
Local: Mata Atlântica
Público alvo: crianças
*inscrições na Administração do Parque. 20 vagas por horário

26 de maio (domingo)

Oficina Sensorial – Recreação para Bebês
Horários: 09h às 12h
Local: Área Verde
Público alvo: bebês e crianças de até 2 anos
Oficina de Artes – Jogo da Velha com Recicláveis
Horários: 10h l 11h l 14h l 15h
Local: Mata Atlântica
Público alvo: crianças
*inscrições na Administração do Parque. 20 vagas por horário
Veja mais fotos do Parque

Fotos: Next Editorial/Jackson Gonçalves

Leia mais

Praia de Camburi (ES) de cara nova com Atlântica Parque

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!