Parlamento britânico propõe medidas para combater fake news

Foto: Reprodução Web

Parlamento britânico faz recomendações para combater fake news

Londres – O Parlamento Britânico divulgou no início dessa semana um relatório apresentando medidas e estratégias para combater a fake news. Parte das recomendações é direcionada ao governo. E prometeu apresentar propostas nos próximos meses sobre o tema.

Segundo o relatório do parlamento britânico, apresentado pela Agência Brasil, uma das medidas mais comuns no combate à desinformação tem sido a checagem e a classificação de conteúdos. Isso por vezes é feito por agências e por projetos específicos.

Para os parlamentares, o facebook deve ser responsabilizado por fake news. Já que a rede social tem se tornado cada vez mais o centro das atenções de investigação de notícias falsas. Foi proposto a criação de um grupo de trabalho com especialistas para formular parâmetros que possam ser aplicados a sites. Ação vai ajudar os leitores a avaliar as fontes de informação a partir de critérios.

Segundo os parlamentares, a legislação do Reino Unido é insuficiente para lidar com os desafios postos pelo ambiente digital. E que as plataformas não são imparciais. A responsabilização destas plataformas digitais é afirmada como estratégia central contra a desinformação.

“O governo deve atuar de maneira pró-ativa para encontrar soluções práticas relacionadas à transparência que vão funcionar tanto para usuários quanto para instituições públicas e as próprias companhias de tecnologia”, recomenda o relatório. O documento propõe, por exemplo, que os mecanismos de segurança e os algoritmos sejam auditados, para “assegurar que eles operam de maneira responsável”.

No documento, os parlamentares defendem que o órgão regulador nacional das comunicações (Ofcom) parta das normas para conteúdo em TV e rádio. Como necessidade de veiculação de informações corretas e equilibradas para formular diretrizes que possam ser aplicadas às redes sociais e ao ambiente online.

*Com informações da Agência Brasil


Leia Mais

O perigo das fake news
Congresso Nacional aprova parecer sobre “Fake News”
Mais um fake news, agora com Marina Silva
Marielle – Dono de site de “fake news” revela identidade