26.8 C
Vitória
sexta-feira, 27 março, 2020

Países fecham fronteiras para evitar propagação do coronavírus

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

COB cancela fase classificatória dos Jogos da Juventude 2020

Etapas classificatórias dos Jogos Escolares da Juventude 2020 aconteceriam em setembro em três cidades do país

Jogador do Ajax acorda do coma após quase três anos

Depois de dois anos e nove meses em coma, o jogador Abdelhak Nouri, do Ajax, acordou. O jovem estava em tratamento após ter uma arritmia cardíaca em campo

“Sobrevivemos a Faraó, também sobreviveremos ao coronavírus”, diz Netanyahu

O primeiro-ministro invocou o Capítulo 4 do Livro de Deuteronômio e pediu aos israelenses que obedecessem: "Tenham cuidado" (Deuteronômio 4:15). Confira!

Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhador informal

Benefício vai ser pago por três meses devido à pandemia de coronavírus. Saiba mais! 

Medida foi tomada por Canadá, Argentina, Honduras e Peru. Saiba mais!

Devido ao rápido avanço novo coronavírus (Covid-19), alguns países da América Latina tomaram medidas extremas. Entre elas, o fechamento de fronteiras para conter a disseminação da doença. Canadá, Argentina, Honduras e Peru adotaram a medida.

O presidente do Peru, Martín Vizcarra, decretou quarentena para população e o fechamento das fronteiras do país durante 15 dias. A medida foi tomada após um aumento de 28 novos casos em apenas um dia. O total de pessoas infectadas pelo vírus até o momento é de 71. O Peru tem 32 milhões de habitantes.

As Forças Armadas e a polícia ajudarão a manter a ordem pública, impedindo aglomeração de pessoas. Apenas farmácias, bancos e mercados de alimentos e produtos essenciais estarão abertos.

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, decidiu pelo fechamento das fronteiras e do comércio pelos próximos sete dias. As restrições de fronteiras aéreas, marítimas e terrestres não afetarão o transporte de cargas e o fornecimento de produtos.

Pousos e decolaens restritos devido ao fechamento das fronteiras. – (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil)

Argentina

Ontem (15) o presidente argentino, Alberto Fernández, anunciou diversas medidas.De acordo com documento oficial, “esta decisão minimizará a possibilidade de entrada e a propagação do vírus em nossa região. Colaboraremos com as autoridades dos países vizinhos na troca de informações essenciais para alcançar o objetivo comum.”

No país, as aulas ficam suspensas por 14 dias, apesar das escolas não fecharem. A orientação é para que sejam realizadas atividades educativas à distância. Outra medida anunciada é a licença laboral para os maiores de 60 anos, grávidas e menores de 60 anos em condição de risco. A Argentina registra, no momento, 56 casos de contaminação e duas mortes.

O primeiro ministro canadense, Justin Trudeau, anunciou o banimento em pronunciamento oficial nesta tarde, liberando cidadãos dos Estados Unidos do veto “no momento”. Outras exceções, além dos cidadãos canadenses e moradores do país, são membros de tripulações de companhias aéreas, diplomatas e familiares de cidadãos.

Aos canadenses em viagem fora do país, Trudeau passou uma mensagem: “Deixe-me ser claro, se você está no exterior, é hora de voltar para casa”.

Fechamento parcial 

O Paraguai também fechou parcialmente sua fronteiras a partir dessa segunda (16). O presidente Mario Abdo Benítez disse que anseia a decisão em todos os países do Mercosul. Entre eles: Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai.

“Uma das propostas é o fechamento parcial da fronteira para as pessoas, não para as mercadorias”, disse Benítez. Além disso, ele cancelou as aulas durante uma semana.
O País tem 7 casos confirmados de coronavírus e 25 suspeitos.

A Bolívia já havia tomado decisão semelhante quando proibiu a entrada de pessoas provenientes de países com muitos casos da doença. Assim tornou mais rigorosos os controles nas fronteiras.

No dia 12 de março, o governo boliviano declarou emergência nacional e suspendeu as aulas até o fim do mês. Além de proibir a entrada de passageiros provenientes da China, Coreia do Sul, Itália e Espanha.

Na Colômbia, o governo de Iván Duque decretou estado de emergência sanitária até o fim deste mês e fechou a fronteira com a Venezuela. Além disso, proibiu a entrada de voos provenientes da Europa e da Ásia. Honduras e Guatemala já haviam decidido, na semana passada, pelo fechamento de suas fronteiras em comum.

*Da redação, com informações da ES Brasil 

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Oficina sobre comicidade no ambiente hospitalar

O Lacarta Circo Teatro abre inscrição para palhaço hospitalar. A oficina acontecerá dia 14 e 15 de março das 09h às 16h, na sede...

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Um encontro diário com a Palavra de Deus

A SBB mobiliza-se para levar esperança à população brasileira, disseminando, pelos meios digitais, a mensagem da Bíblia Sagrada. Entre as ações estão a campanha #PalavradeEsperança e o podcast Um minuto com a Bíblia

Como a pandemia deve ser encarada pelos cristãos?

“Creia no sobrenatural de Deus”, diz médica cristã, ao falar sobre o medo do coronavírus e como os cristãos devem encarar a pandemia

Casa Worship lança projeto acústico gravado em Goiânia

A Banda gravou "A Casa É Sua" com releituras acústica de sucessos do seu DVD. "Não consigo descrever a sensação que foi essa experiência"...

“Milagre da vida”: O inesperado pode ser um presente

Em tempos de confinamento por conta do coronavírus, o filme “40 Dias - O Milagre da Vida” vem apresentar essa mensagem de uma forma sensível e desafiadora