back to top
24.9 C
Vitória
quarta-feira, 12 junho 2024

Pacote deve formalizar trabalho rural e motorista de APP

novo_valor_seguro_desemprego
Ministério do Trabalho e setores não chegaram a acordo - Foto: Divulgação

O governo promete ainda avançar na formalização do trabalho rural e legalização de motoristas e entregadores de aplicativo

Após sofrer derrotas no Congresso na tentativa de flexibilizar regras trabalhistas, o governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) deve lançar na semana que vem um pacote de medidas que inclui a formalização de trabalho temporário no campo e a legalização de motoristas e entregadores de aplicativos.

O anúncio foi feito ontem pela equipe do Ministério do Trabalho e Previdência e deve turbinar a tentativa de reeleição do presidente Bolsonaro, que se mobiliza para contrapor à investida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), crítico à reforma trabalhista.

A primeira medida será lançar um programa para formalizar a intermediação de trabalhadores temporários no campo. O objetivo é combater a existência do chamado “gato rural”, que leva trabalhadores para serviços em lavouras sem nenhuma garantia.

O governo estuda criar um órgão gestor de mão de obra, em um modelo parecido com o que existe para operários avulsos do setor portuário. Na prática, empresas poderão intermediar a contratação de funcionários para períodos e colheitas específicas, de forma temporária ou intermitente, com garantia de direitos trabalhistas e contribuição previdenciária. Ainda não há definição se o programa será lançado por medida provisória, que passa a valer assim que é assinada, ou por projeto de lei, que só entra em vigor após tramitação no Congresso e sanção presidencial. O anúncio deve ocorrer antes do 1.º de maio, Dia do Trabalho.

- Continua após a publicidade -

Aplicativos

O governo promete ainda avançar na legalização de motoristas e entregadores de aplicativo. Segundo a pasta, a ideia é não classificar esses trabalhadores com vínculo empregatício nem igualar ao modelo da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -