back to top
22.7 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

Os dons espirituais são para os crentes da atualidade?

Eles são dados a cada um pelo Espírito para a edificação da Igreja, o benefício comum e o crescimento espiritual dos cristãos

Por Patricia Scott

A Palavra de Deus revela que os dons espirituais são capacidades que o Espírito dá às pessoas para a edificação da Igreja, além do serviço uns aos outros (1 Coríntios 12.4-6). Assim, cada um recebe os dons conforme a vontade de Deus.

No entanto, segundo o teólogo e escritor Gutierres Siqueira, os cessacionistas acreditam que os dons espirituais serviram apenas para testificar e confirmar o Evangelho anunciado pelos apóstolos. Desse modo, com a morte deles e a consolidação da mensagem do Evangelho, não haveria a necessidade dos dons espirituais na atualidade. “Mas esse argumento cessacionista apresenta algumas fragilidades teológicas e práticas”, postou em rede social.

Siqueira destacou que na Bíblia não há uma declaração explícita de que os dons espirituais cessariam após a era apostólica. Para justificar, ele citou 1 Coríntios 13.8-12, que fala sobre a finalização dos dons. Entretanto, “o contexto sugere que isso ocorrerá na volta de Cristo, quando o que é perfeito virá, compartilhou.

- Continua após a publicidade -

Ele explicou ainda que a função dos dons espirituais vai além da mera confirmação do Evangelho. Isso porque Paulo destaca, em 1 Coríntios 12 e 14, que os dons são dados para a edificação da Igreja, para o benefício comum e para o crescimento dos crentes. “Essas características continuam presentes na igreja atual”, escreveu.

Outro ponto destacado por Gutierres é o argumento que a mensagem do Evangelho já está consolidada, ignorando o fato de que há ainda muitos povos não alcançados e contextos onde a mensagem precisa ser estabelecida e confirmada. “A necessidade de sinais e maravilhas para atestar o poder do Evangelho permanece em muitas situações missionárias”.

Em contrapartida, de acordo com o teólogo, limitar a obra do Espírito Santo a um período histórica específico contradiz a natureza dinâmica e contínua de Deus em Sua interação com a igreja. “O Novo Testamento apresenta uma expectativa de que o derramamento do Espírito continuaria até a volta de Cristo (Atos 2.17-21)”, comentou e concluiu: “Deus quer edificar a Igreja por meio de dons”.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -