25.1 C
Vitória
quarta-feira, 23 setembro 2020

De Pessach à Páscoa: origem, sentido e ressignificação

Leia também

Ainda não foi definida data para ‘follow on’ da BR Distribuidora, diz Petrobras

A venda das ações foi aprovada pelo Conselho de Administração em 26 de agosto, mas que a efetivação depende de diversos fatores

Em depoimento à corregedoria, Flordelis se emociona

Cabe ao plenário, no entanto, decidir se a acusação de assassinato é ou não motivo para perda do mandato de deputada

Especialistas e produtores se unem contra política ambiental do governo no STF

Camargo Neto afirmou que "infelizmente" foi preciso uma pressão externa para o Brasil colocar foco na preservação da Amazônia

“A transformação da Pessach judaica em páscoa cristã é citada pelo apóstolo Paulo”

No próximo domingo o mundo cristão celebrará a ressurreição de Cristo denominada Páscoa. É, sem dúvidas a principal festa do calendário litúrgico entre as várias tradições cristãs pelo mundo.

A data não é fixa devido à utilização de calendários diferentes. Explico: originalmente era baseada no calendário lunar composto por 29 dias e, hoje utiliza-se o calendário solar, normalmente com 30 dias. Há, também, uma diferença entre a comemoração das igrejas no ocidente a no oriente, uma vez que os ortodoxos utilizavam o calendário Juliano, enquanto o ocidente utiliza-se do Gregoriano que diferenciam na contagem de anos bissextos e um dia a mais em agosto, o que faz que a páscoa seja celebrada entre março e abril no ocidente e abril e maio no oriente.

A celebração rememora eventos que começaram numa quinta-feira na qual Jesus Cristo lavou os pés de seus discípulos, participou de sua última ceia e rumou para o Monte das Oliveiras, onde foi preso, levado até o sinédrio para interrogatório, sendo torturado e crucificado por soldados romanos. Na madrugada de domingo, algumas mulheres foram perfumar seu corpo (o que não fizeram antes devido ao sábado judaico), e encontraram o túmulo vazio, sendo surpreendidas pelo Cristo ressurreto. A semana em que esses episódios se deram ficou conhecida como “Semana Santa”.

Pessach remete à “passagem” do anjo da morte que ceifou todo primogênito em cuja casa não houvesse a marca do sangue do cordeiro

Fato conhecido entre os cristãos, no entanto, as comemorações da páscoa remontavam há séculos, sendo uma das três grandes festas litúrgicas do judaísmo. O próprio nome Páscoa deriva do hebraico, Pessach, que significa passagem.

Essa passagem se refere aos relatos do livro de Êxodo 12 que narram a última e pior das pragas do Egito: a passagem do anjo da morte que ceifou todo primogênito em cuja casa não houvesse a marca do sangue do cordeiro. Na lei, Moisés estabeleceu como estatuto perpétuo que no décimo quarto dia do primeiro mês do calendário judaico se comemoraria a passagem do anjo da morte, o livramento dos primogênitos de Israel e sua sequente libertação da escravidão sob o jugo de Faraó. Anualmente os israelitas deveriam celebrar a páscoa, comendo pães sem fermento, ervas amargas e um cordeiro assado.

Há citações nos textos bíblicos que tratam especificamente das comemorações da páscoa após a entrada do povo em Canaã. Em Crônicas, há menções da grandiosidade que a festa ganhou reinado de Josias (2 Cr. 35:17). Isaías refere-se às solenidades, dentre as quais, a páscoa (Is. 1:14). Oséias profetiza que Israel voltará a ser como nos dias da primeira páscoa (Os. 12:9). No exílio babilônico Ezequiel tem a visão da celebração da páscoa em Jerusalém (Ez. 45:21). Esdras reinstitui a páscoa após o retorno do exílio (Ed. 6:21).

A transformação da Pessach judaica em páscoa cristã é citada pelo apóstolo Paulo em sua primeira carta aos coríntios (1 Co. 5:7). Como na festa judaica, a páscoa cristã aponta para o livramento dos injustos através da morte de um inocente. A novidade é que o inocente ressuscitou e oferta essa nova vida a todos quanto o receberem.


Rafael Simões é Coach Integral Sistêmico pela Febracis e estudioso em história e conflitos envolvendo Israel e o Oriente Médio. Bacharelando em Teologia pela Faculdade Unida de Vitória (ES) e graduado em Comércio Exterior pela Faesa (ES).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Igreja omissa, incompetente e conivente

A conivência emerge exatamente de a igreja conviver com casos reais de violência doméstica, em sua grande maioria cometida contra mulheres

Oração em meio à Pandemia

"O Senhor Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro"

Liberdade religiosa como escravidão

Liberdade pode ser outra palavra para por tudo a perder. Saiba mais! Foi uma Páscoa estranha de isolamento e lamento. A resposta de nosso país...

Páscoa: Bolsonaro fará videoconferência com líderes religiosos

Na agenda oficial, Bolsonaro não tem compromissos no domingo de Páscoa. Saiba mais! 

Trump faz discurso de Páscoa em meio à pandemia

“Colocamos nossa confiança nas mãos do Todo-Poderoso”, afirma presidente norte-americano. Saiba mais!

Rainha Elizabeth II faz um novo discurso emocionante

Pela primeira vez em 68 anos de reinado, monarca falou sobre espírito pascal e pediu que britânicos respeitem a quarentena

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!
- Publicidade -

Plugue-se

Qual o segredo para viver feliz?

É possível viver feliz neste mundo confuso e perigoso? Livro mostra como e onde podemos encontrar a ajuda para encontramos com a felicidade.

Vídeos sobre a Bíblia alcançam 1 milhão de pessoas no Tik Tok

Produzidos por Jey Reis, 17 anos, os vídeos diários, que são publicados no Tik Tok, falam sobre Jesus. Saiba mais! !

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...