25.9 C
Vitória
domingo, 12 julho, 2020

“Orgulhosos por sua fé”, diz mãe de menina Leah, sequestrada

Mais lidas

Verstappen crava melhor tempo dos treinos livres do GP da Estíria

Neste domingo, a largada será às 10h10. Saiba mais!

Capixaba Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras

Após estar na Rio 2016, atleta quer Tóquio e não descarta Paris. Saiba mais!

Casaquistão desmente afirmações chinesas sobre novo vírus mortal

Embaixada chinesa na capital do país advertiu sobre nova doença com "índice de mortalidade superior à Covid-19"

ONU diz que pandemia pode elevar pobreza na América Latina

Em documento, ONU destaca fragilidade do sistema de saúde da América Latina

Rebecca Sharibu, mãe de Leah Sharibu, 14 anos, que há dois anos foi sequestrada pelo Boko Haram, fala sobre a fé e a determinação da menina por não negar a Jesus

Em uma entrevista inédita, Rebeca Sharibu, abriu o coração ao falar da fé de sua filha, Leah Sharibu. Que foi sequestrada há dois anos pelo Boko Haram. “Nós não sabemos como ela está e o que está passando. Agradeço a Deus pela fé que ela tem. Também oro pelos sequestradores para que eles a liberte e encontre a Cristo, pois não sabem o que stão fazendo”, declarou.

O caso

Aos 14 anos, Leah Sharibu e outras centenas de meninas foram sequestradas pelo Boko Haram, há dois anos. Na semana que se seguiu, suas colegas foram sendo libertadas. À Leah foi dada a opção de continuar em cativeiro, ou negar a Jesus e ter sua liberdade, sua família e rotina de volta. Ela não negou a Jesus e continua em cativeiro desconhecido.

Leah foi obrigada a casar-se com um alto comandante do Boko Haram. Notícias confirmam que ela teve um filho dele. “Ela foi muito corajosa em não renunciar a Jesus e sua fé cristã, mesmo sabendo que continuaria em cativeiro e até poderia ser morta”, disse a mãe, Rebecca Sharibu, na entrevista.

Os pais, que esperam a filha voltar para casa, apelam às autoridades nigerianas por esse caso. Apesar da prisão, eles estão felizes pelas atitudes firmes e corajosas da menina. “Estamos orgulhosos da sua fé. Ela foi firme em defendê-la”, conclui Rebecca.

Nigéria

Leah é uma dentre centenas de homens, mulheres e crianças que são sequestrados e mortos por grupos extremistas como o Boko Haram.

Os dados colocaram a nação em 12º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020. Eles são consequência da opressão islâmica, paranoia ditatorial, corrupção, antagonismo étnico e crime organizado.

Entrevista 

A Nigéria é o 12º país da Lista Mundial da Perseguição 2020, que classifica os 50 países que mais perseguem cristãos no mundo. entrevista com Rebecca Sharibu

*Com informações do Portas Abertas

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Amigos e artistas “Juntos pelo sertão” drive-in

Evento, que será realizado no dia 14 de julho, vai reunir artistas e preletores como Aline Barros, Isaías Saad, Gabriel Guedes, Juliano Son, Eli Soares, Hernandes Dias Lopes e outros.

Show drive-in do 3 Palavrinhas esse mês; Saiba mais!

O grupo infantil 3 palavrinhas vai se apresentar na Arena Sessions, no estádio Allianz Parque, em São Paulo dia 19 de julho Atenção criançada! O...

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Plugue-se

Igreja Adventista lança plataforma de podcasts

Com mais de mil episódios disponíveis, o 7Cast tem foco claro: compartilhar esperança em áudio A Igreja Adventista lançou no início de julho o "7Cast"....

Seguir os ensinos de Deus é a melhor escolha

“Se Não Fosse o Seu Amor” é o livro de estreia da empresária Larissa Pessoa, um romance que mostra que seguir os ensinos de Deus é a melhor escolha

Generosidade: O padeiro doador de pão e de fé

O dono de uma padaria no interior de São Paulo decidiu transformar a crise provocada pela pandemia de Covid-19 em uma oportunidade de ajudar quem precisa.

Fórum de Ciências bíblicas 2020: A Bíblia e a Criança

O Fórum de Ciências Bíblicas 2020, que terá temática para as crianças, será realizado nos dias 13 e 14 de agosto