28.4 C
Vitória
domingo, 11 abril 2021

Oração e fé em resposta a coronavírus

Nunca se ouve um movimento tão forte de oração como agora no país. Igreja Universal convoca a igreja brasileira para participar no domingo (22) como Dia nacional de Oração e Jejum pelo Brasil

Após o anúncio de cancelamentos de cultos em suas igrejas, várias denominações evangélicas do Brasil resolveram se unir pela oração para o combate ao coronavírus. O vírus já matou cinco pessoas no país. Os números de pessoas contagiadas também esta crescendo. Por isso, uma corrente de fé e intercessão foi formada no país.

A Convenção das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB) anunciou, através do instagram, uma campanha permanente de oração.

“Vivemos dias difíceis, sem deixar de crer que Deus pode sarar nossa nação!!! Conclamamos a todos os nossos irmãos a orarem pela nossa nação. Campanha Permanente de Oração pelo Brasil!!! Faça parte desta campanha com sua família e Igreja”, diz a convocação.

A Igreja Presbiteriana do Brasil também se pronunciou pelo instagram. “Oremos por esta situação que tem feito vítimas ao redor do mundo e que também é uma realidade em nosso país”, diz o texto da instituição.

Corrente de oração

As igrejas tem usado as redes sociais para anunciar suas diretrizes em relação a pandemia do vírus. As denominações iniciaram campanhas de oração, que visam pedir a Deus pelas pessoas que já estão doentes e por aqueles que estão tomando medidas para não contrair a Covid-19.

A Junta de Missões Nacionais divulgou um pedido para que todos todos se unam em oração. A campanha destacou a necessidade de orar por todos os locais afetados pelo coronavírus.

“Ore pelo Brasil e demais países afetados pelo coronavírus, por seu estado, sua cidade, seu bairro. Oremos por nossas autoridades, profissionais de saúde. Roguemos a Deus por saúde e livramento para nossa gente”, conclamou.

Diante da ameaça, a oração serve de consolo. “Separe tempos diários de clamor e orações, compartilhem orações entre a equipe, orem pelos continentes, pelos missionários ao redor do mundo, pelas áreas de influência da sociedade, pelos profissionais da saúde”, informou um texto compartilhado no Facebook do movimento Desperta Débora.

Sem pânico

Embora o mundo já tenha visto doenças epidêmicas no passado, esta “peste” parece ter atraído uma quantidade elevada de atenção e preocupação global. Para muitos, o coronavírus tornou-se um foco esmagador.

“Nessas situações, Deus nos chama, Seu povo, para oferecer calma durante a tempestade. Devemos ser âncoras de estabilidade e pilares de esperança nestes tempos de crise ao apontarmos as pessoas para o forte fundamento de Jesus Cristo!”, declarou o presidente mundial da Igreja Adventista, Ted N.C. Wilson.

Em um pronunciamento oficial no site da instituição, e diante do caus que se instaurou no mundo, o líder da denominação pediu que os cristãos não se desesperem. “Não precisamos entrar em pânico. Jesus nos diz em João 16:33: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo””, alertou.

Oração e Jejum pelo Brasil

A Igreja Universal convoca toda a igreja evangélica brasileira para participar, no próximo domingo (22), do Dia nacional de Oração e Jejum pelo Brasil. Em comunicado oficial, a denominação pede união daqueles que fazem parte do corpo de Cristo.

“Todos que professam a fé no Deus da Bíblia, de qualquer ou nenhuma denominação, estão convidados a oferecer suas orações e algumas horas de jejum, em favor do nosso país. Pela saúde coletiva, paz social e todas as autoridades”, diz a mensagem da convocação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se