24.1 C
Vitória
sábado, 15 maio 2021

Operação Acolhida beneficia 50 mil venezuelanos refugiados

Desde abril de 2018, a Operação atingiu mais de 670 municípios

Por Maíra Heinen (AB)

Um em cada cinco venezuelanos foi contemplado pela Operação Acolhida do governo federal. No mês de março o país atingiu a marca de 50 mil imigrantes vindos da Venezuela que seguiram para diversas cidades brasileiras em busca de emprego, escolas e proteção social.

Nesta terça-feira (20) durante uma cerimônia em comemoração pelos resultados do programa, o ministro-chefe da Casa Civil, general Luiz Eduardo Ramos, destacou o protagonismo regional do Brasil no acolhimento de outros povos.

No Brasil há 3 anos, o venezuelano Alberto José Figueiredo relembrou a mudança de vida ao participar da operação. Já para o ministro da Cidadania, João Roma, a Operação Acolhida sintetiza bem a solidariedade do Brasil com os sul-americanos.

Desde abril de 2018, a Operação Acolhida atingiu mais de 670 municípios. De acordo com dados da Acnur, Agência da ONU para Refugiados, 77% dos migrantes encontraram emprego algumas semanas após chegarem às cidades de destino.

Um dos objetivos da Operação Acolhida é reduzir a pressão sobre as comunidades locais que acolhem os imigrantes num primeiro momento, como Pacaraima e Boa Vista, em Roraima, e Manaus, no Amazonas.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se