23 C
Vitória
quarta-feira, 14 abril 2021

O terror da covid faz espalhar uma onda de fé pelo Brasil

Em um momento tão caótico por conta do alto número de mortes por covid-19, cristãos se reúnem de norte a sul do Brasil para clamar a Deus pela cura. A fé e a esperança renovam compromisso com a vida na luta contra a doença

Por Priscilla Cerqueira 

Uma cena tornou-se comum no Brasil nos últimos meses: a oração de frente para hospitais. De norte a sul do país, grupos evangélicos se reúnem, ajoelham de frente às instituições de saúde para orar pelos enfermos e por profissionais de saúde. Trata-se de uma onda de fé em um momento dramático que vivemos, em que a saúde pública está em colapso no Brasil.

Em diversas cidades do país o movimento é o mesmo. São pessoas movidas por um mesmo sentimento, de tristeza, por perder parentes pela covid-19. E em um gesto de solidariedade, eles clamam a Deus pela cura da nação.

Neste momento de dor e de sofrimento, as igrejas têm procurando levar esperança às pessoas através da pregação e oração.

“Com as igrejas impedidas de realizarem cultos presenciais, entendemos que era hora de ir onde as pessoas estão. Temos percebido o quanto as pessoas têm sofrido por causa do avanço da covid-19 em nossa cidade”, disse o missionário Carlos Roberto, presidente da Ordem dos Ministros do Evangelho de Palmas.

Covid-19 no Brasil

O Brasil registrou mais de 11 milhões de casos da doença, 10 milhões de recuperados, e mais de 282 mil mortes. Em todo o país, leitos de hospitais estão lotados. Por conta disso, ações de fé têm crescido no Brasil. Além de oração, grupos de evangélicos se reúnem com mensagens evangelísticas, motivacionais, canções de fé e esperança.

fé_hospital
Os momentos de oração têm sido fundamentais às equipes para a árdua vivência nas unidades de saúde. Foto: Agência Pará

No Pará, já virou rotina nas unidades de saúde e nos hospitais os momentos em que aqueles que cuidam dos doentes se unem para cuidar uns dos outros.

Por meio de correntes de oração, mensagens em grupos de WhatsApp estimulando colegas à resiliência e tantos outros momentos de apoio mútuo, um sentimento coletivo predomina: a fé de que tudo isso vai passar.

Corrente de oração

No dia em que o Rio Grande do Sul bateu recorde na taxa de ocupação de leitos de UTI adulto, com 96,6%, e sete regiões confirmando mais de 100% de ocupação em leitos de tratamento intensivo, funcionários de um hospital, de Tenente Portela, realizaram um ato simbólico de oração, em favor de todos os pacientes internados na instituição.

Em Santa Catarina, um grupo faz uma corrente de oração em frente a um hospital de joelhos e com as mãos estendidas. Os familiares oram em voz alta pela recuperação de pessoas internadas. Com a mesma intenção, policiais civis e militares e bombeiros fizeram uma oração em frente ao Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê (SC).

“Eles fizeram uma oração para todos os pacientes que estão internados no HRSP e também uma homenagem com aplausos para todos os colaboradores da instituição que estão na linha de frente e no atendimento dos pacientes nesse momento de pandemia”, publicou o Hospital Regional São Paulo.

fé_brasil
Em Fortaleza (CE), grupo se reuniu em frente ao Hospital Unimed para orar e cantar louvores. Foto: Arquivo pessoal

Fé para vencer

Em Fortaleza, um grupo de pessoas também se reuniu para louvar e orar pela cura dos pacientes com Covid-19 internados em um hospital. Algumas ações também acontecem de forma individual. Depois de receber alta médica após lutar 14 dias contra a covid-19, o fisioterapeuta Mardônio Cavalcante decidiu fazer uma peregrinação por hospitais para orar pelos pacientes.

“Tenho visto o sofrimento do povo nessas UTI de covid-19. E agora Deus me deu esse propósito, essa missão, de me ajoelhar e agradecer por ter tido a oportunidade de renascer e também orar por aqueles que ainda estão lutando para se recuperar”, disse.

Veja o vídeo de policiais e bombeiros orando em frente ao hospital em Xanxerê (SC)

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se