26.2 C
Vitória
sexta-feira, 25 setembro 2020

Do ódio à conversão; o homem que planejava matar Billy Graham

Leia também

Em meio a ‘atropelo’ de Marco Aurélio, Celso de Mello antecipa retorno ao Supremo

Marco Aurélio antecipou a divulgação de seu voto no qual defendeu a possibilidade de uma oitiva por escrito de Bolsonaro

São Paulo registra 964.921 casos confirmados de covid-19 e 34 877 óbitos

Nessa semana tivemos ainda índices que mostraram quedas expressivas tanto no número de óbitos, quanto de internações", afirmou o secretário estadual de Saúde

Doria deseja plena recuperação a Bolsonaro que passou por cirurgia

"Que ele se recupere clinicamente e possa estar em breve de volta às suas atividades", completou governador

George Palmer, que integrava uma guangue nos EUA, queria matar Billy Graham, mas acabou se convertendo ao evangelho em uma cruzada do próprio evangelista na Austrália

A conspiração para matar Billy Graham! Esta é a história do australiano George Palmer, que tinha tanto ódio de Deus, que só pensava em assassinar o evangelista. Mas durante uma cruzada realizada pelo próprio Billy Graham, George foi alcançado por Jesus e acabou se convertendo.

“Nunca vou esquecer quando me disseram que meu pai havia morrido, simplesmente não consegui lidar com isso. Lembro-me de ter subido até as plantações para gritar com Deus. Te odeio. Eu odeio você com todo meu coração. Eu nunca vou te amar”, contou George.

Segundo o God Reports, desde a morte do pai ele passou a alimentar uma raiva muito grande seu coração, se transformando em um encrenqueiro na escola e na vizinhança. Sua má reputação passou a precedê-lo, levando ele cada vez mais para a rebeldia.

“Sempre me disseram que eu não seria nada. Se você diz isso a uma pessoa continuamente, é nisso que ela acredita, que não vale nada, que é inútil”, explicou.

Rancor

Ainda na juventude, Palmer passou a se envolver em crimes, liderando uma gangue violenta que frequentemente entrava em confronto com rivais e fazia coisas cruéis para todos que consideravam como seus inimigos. “Eu tinha um temperamento vil”, diz ele.

Em um dos confrontos, ele diz que capturou o líder e, juntamente com os outros membros da gangue que fazia parte, passou a torturar o rival. Um dos métodos de tortura foi esmagar a mão daquele homem com as rodas de um carro, dirigindo para frente e para trás por cima das mãos, até quebrar todos os ossos. “É tudo em que sempre pensei, ferir as pessoas”, diz ele.

Billy Graham

No ano de 1959, George ficou sabendo que Billy Graham estaria na Austrália para uma de suas cruzadas evangelísticas. O fato de odiar Deus levou eles a pensar que seria uma oportunidade de ‘vingança’. “Billy Graham representava algo que eu detestava”, relatou.

George e sua gangue planejaram ir à cruzada para matar o líder evangélico dos EUA. Todos estavam munidos com armas e foram até ao local decididos a matar Graham. Ele conta que ficaram a uma boa distância de onde o pregador falaria.

“Nós nos distanciamos para que pudéssemos ver perto de onde Billy Graham estava pregando. Decidimos que mataríamos Billy Graham”, conta.

Enquanto esperava por uma oportunidade de matar o pregador, Palmer olhou para a multidão que lotava o estágio e achou estranho que todos estivessem ali para ouvir a Palavra de Deus. “O que diabos todas essas pessoas estão fazendo aqui?”, perguntou-se.

Naquele momento, Palmer ouviu uma voz falando com ele, perguntando: “O que você está fazendo aqui, George?”. Ele chegou a se virar para ver quem falava, mas não havia ninguém, o que o irritou muito, já que entendeu que era algo sobrenatural.

*Com informações de godreports

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Bíblia, o consolo da dor: “quando escrevo eu aprendo”

Dona Maria Petrina, 79 anos, resolveu não apenas ler, mas copiar a Bíblia na íntegra, para ajudar a superar o luto pela morte do marido.

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!

Poste cai em cima de um carro e homem sai ileso: “livramento de Deus”

Jorgino da Silva, 59 anos, poderia ter ficado gravemente ferido no acidente, mas reconhece que Deus o livrou! Saiba mais!

Itália: dos cultos online aos batismos presenciais

Missionários brasileiros, da Junta de Missões Mundiais realizaram diversos batismos de italianos que foram evangelizados nesse período de pandemia.

Júlia Vitória em mais um clássico da música cristã

Depois dos sucessos "Além do rio azul" e "Ele vem/Cidade Santa", Júlia Vitória apresenta um medley com um consagrado hino do Cantor Cristão "Meu deixe aqui/ Tudo entregarei"

Fred Arrais: “quero deixar a minha marca”

Com história na música cristã através do movimento worship, Fred Arrais inicia um novo momento na sua carreira com a Sony, com um objetivo: "vou cantar minha vida, minha história", diz

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live: Lançamento do Evangelho de João em Libras

Lançamento do evangelho de João em Libras será nesta sexta-feira, 25, pelo Youtube. Saiba mais!

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Priscilla Alcântara dá voz a trilha sonora de “A caminho da Lua”

"Vou voar", canção-tema da animação "A Caminho da Lua" está disponível em todas as plataformas na voz de Priscilla Alcântara. Filme estreia na Netflix...

Uma história real: “Já não sou eu quem vive”

"Já não sou eu quem vive", é uma história baseada no diário de uma jovem cristã, em meio à pandemia, em Manaus (AM). Saibamais!

Fred Arrais: “quero deixar a minha marca”

Com história na música cristã através do movimento worship, Fred Arrais inicia um novo momento na sua carreira com a Sony, com um objetivo: "vou cantar minha vida, minha história", diz

“Jesus” se torna a novela mais vista na Argentina

Exibida no horário nobre, a trama, escrita por Paula Richard, venceu, com 12,5 pontos de média: a novela teen 'Floricienta'. Saiba mais!