20.6 C
Vitória
sexta-feira, 7 agosto, 2020

O tabernáculo somos nós. Aprendendo no isolamento

Leia também

Comércio demite 2,137 milhões de trabalhadores no trimestre encerrado em junho

Com muitos trabalhadores fora da força em função da pandemia, número de pessoas ocupadas no Brasil teve redução recorde de 9,6% no período

Américas continuam a ser epicentro da pandemia da covid-19

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, insistiu na necessidade de adoção das medidas já conhecidas para controlar os contágios de covid-19

Embaixada brasileira foi atingida por explosões em Beirute

Apesar da destruição, o governo brasileiro informou que o impacto não causou danos estruturais ao prédio da embaixada brasileira Por Renata Tranches (AE) O Ministério das...

“O vosso corpo é o santuário do Espírito que habita em vós” (I Coríntios 6:19)

Em havendo em determinado lugar apenas um cristão, ele representa a igreja, porque Cristo habitou (tabernaculou) entre nós (João 1:14) e, por meio de Seu Espírito, habita (tabernacula) naqueles que O adoram em espírito e em verdade (I Coríntios 3:16; I Coríntios 6:19 e João 4:24), templos de pedras vivas (I Pedro 2:5), edificados por  Deus (Mateus 16:18).

Independentemente do lugar onde viver, em tese, cada cristão é a igreja, porque o Reino de Deus está nele. Contudo, isso não deveria ser álibi para os “desigrejados” que, uma vez optando por uma postura radical, ainda que por razões justificáveis, ferem a doutrina do sacerdócio cristão (I Pedro 2: 9 e 10), pois a igreja é constituída de pedras vivas que expressam a verdadeira zoe, palavra grega que define a Vida de Deus ativa por meio de Seus servos. Por isso, o apóstolo dizia que ele não vivia, mas Cristo vivia nele (Gálatas 2:20).

O culto bíblico coletivo na igreja local é importante. A exposição da Palavra é alimento saudável para todos. A celebração agrada o coração de Deus que, por sua vez, abençoa os adoradores. Os laços fraternos são fortalecidos, constituindo-se num elo facilitador do processo de crescimento espiritual, mas não é condição sine qua non para que o Reino de Deus esteja no coração.  Circunstancialmente, a igreja independe de espaço físico porque o Santuário de Deus somos nós (I Coríntios 3:16 e 17), pedras vivas (I Pedro 2:5), e não templos de pedras mortas, feitos por homens (Atos 7:48 e 17:24). O isolamento tem nos mostrado isso com uma clareza cristalina.

No diálogo com a mulher samaritana Jesus esclarece que a verdadeira adoração não está circunscrita a um ambiente físico:
“Mulher, crê-me, a hora vem, em que nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai. […]. Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem” (João 4: 21 e 23).

Afirmar que Deus está nos esperando numa determinada igreja local, quando para lá nos dirigimos, simbolicamente, poderia até se discutir seu significado para o ímpio; mas, para o cristão isso não é verdade absoluta. Se sou crente, o meu Deus não me deixa jamais.

A propósito, o tabernáculo não é mais uma tenda ambulante, nem uma construção fixa de pedras mortas. O tabernáculo é o coração do ser transformado pelo poder do Sangue de Jesus. Oh Glória! A pandemia está nos ensinando a tomar posse dessas maravilhas.

Em rigor, dizer que Deus está esperando alguém num lugar físico demérita a obra de Cristo, porque a Glória do Senhor está em Sua casa, “a qual casa somos nós” (Hebreus 3: 6).

Nossa fonte nutricional vem da Palavra de Deus. Nossa adoração a Ele, primeiramente, precisa acontecer no templo de pedras vivas, no nosso corpo, pois o vocábulo adoração não se limita a uma abstração. Envolve compromisso individual e ação.

Lembremo-nos de José do Egito que, mesmo nas mais hostis e sombrias circunstâncias de um isolamento prisional (Gênesis 39 a 41), não vacilou. Que o seu exemplo nos inspire nestes dias.

Viver diariamente em obediência, agradando a Deus, adorando-O, louvando-O e testemunhando de Seu amor e misericórdia para conosco é uma forma de cultuá-Lo (Hebreus 13:15 a 18). Assim, o tabernáculo seremos nós.

Clovis Rosa Nery é Psicólogo e administrador de empresas Autor de vários livros

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Plugue-se

“Recuperando a esperança” e fortalecendo a fé

Baseado em milhares de histórias verdadeiras, "Recuperando a esperança" é um forte lembrete de nunca é tarde demais para mudar e se transformar

Justin Bieber e esposa batizados: “momento especial”

Justin Bieber e esposa foram batizados e publicaram fotos do momento nas redes sociais

Doses diárias de sabedoria com devocional de Provérbios

O devocional de provérbios é um lançamento da gravadora Nova Fase, apresentado pelo pastor Alirio Misael

Mari Borges passa a integrar o time de artistas da Musile

Cantora mineira, que tem 11 anos de carreira, vem crescendo nas plataformas. Seu canal no Youtube ultrapassa os 600 mil inscritos