21.5 C
Vitória
sexta-feira, 3 julho, 2020

O craque do evangelismo

Mais lidas

Desigualdades e baixo aprendizado são os maiores desafios na educação

Relatório do Inep aponta desafios para cumprir metas do PNE. Saiba mais! 

Vacinas poderão controlar a covid-19, diz diretor do Butantan

Medicamentos não vão acabar com novo coronavírus, alerta pequisador. Confira! 

Guia do comércio eletrônico apresenta medidas para autorregulação do setor

Governo quer mais adesões ao guia de comércio eletrônico. Saiba mais! 

Informais foram os mais afetados pela pandemia, revela Ipea

Por conta dos impactos causados pelo novo coronavírus, em maio, o grupo de informais recebeu em média 60% do que era esperado


Por Atilano Muradas


O futebol é arte diferenciada porque engloba outras artes: matemática, estatística, administração, etc. Não bastou a ele participar de Olimpíadas. Precisou ter sua própria competição. Dizem que o interesse principal do futebol é financeiro. Será? Se observarmos jogadores e “torcedores voluntários” ao redor do planeta, veremos que a maior parte não pratica futebol por dinheiro. Inexplicavelmente, o futebol arrebata o homem e a mulher, o rico e o pobre, o novo e o velho, o culto e o inculto, o ocidental e o oriental, o preto e o branco, e é, ao mesmo tempo, coisa de criança e de gente grande. No passado, cristãos eram orientados a fugir do futebol, porém hoje são incentivados a praticá-lo também com fins evangelísticos.

Mas para que a pregação seja eficaz, é necessário certo “fanatismo cristão”, no bom sentido, além de paciência para esperar os resultados. Pesquisas comprovam que as pessoas estão dispostas a ouvir com atenção até cinco minutos de uma explanação religiosa, pois elas finalmente perceberam que o Evangelho é saudável e melhora a sociedade. Tal qual um jogador fanático, o evangelista determinado terá que rejeitar coisas que o desviem do caminho de ser um craque na pregação.

Atividades que não contribuem para o objetivo evangelístico devem ser colocadas de lado. Além disso, o evangelista determinado terá que vencer barreiras pessoais (timidez, preguiça, falta de fé) e ainda desenvolver habilidades que talvez não tenha, tais como, memorização de versículos e estratégias de abordagem. Ser um craque do evangelismo é tão trabalhoso quanto ser do futebol. Os jogadores Pelé e Ronaldo, por exemplo, sempre treinavam depois do expediente. Mais esforçado deve ser o craque do evangelismo, trabalhando, inclusive, nas madrugadas a fim de alcançar os perdidos.

Para o futebolista, estufar a rede é tudo, toda via, para o evangelista, o importante é a rede transbordando de peixes convertidos. Jogadores mudam de time, enquanto evangelistas estão sempre no mesmo time, o Reino de Deus, cujo técnico é Jesus, o filho do Presidente. Por fim, a maior diferença entre o futebolista e o evangelista é o tempo de serviço. Futebolista atuante com mais de 35 anos é exceção. Já o evangelista só pendura as chuteiras quando morre. Nunca me esquecerei do que me pediu o pastor Sebastião Tillmann, 90 anos, acamado, com problemas de audição e visão: “Ore para que eu consiga ler a Bíblia, me levantar e continuar o trabalho de evangelização”. Homens como esse é que deveríamos chamar de “Atleta do Século” e “Fenômeno”.

Eles podem dizer “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (2Tm 4.7). O futebol é ótimo, mas nasceu na Terra e aqui ficará, enquanto a pregação da Palavra de Deus leva o pecador ao Céu. Jogadores podem levar uma nação à glória, mas os evangelistas podem levar todas as nações, os jogadores, a comissão técnica e a torcida da Seleção Brasileira e dos outros times para o time do nosso Presidente, o Deus da Eternidade. Portanto,evangelistas, a bola agora está com vocês. O cronômetro já foi disparado.

Jornalista,teólogo, escritor e compositor.Possui três livros publicados pelas editoras Vida e Betânia, nove CDs gravados e recebeu o Premio Areté em 2004. Atualmente, reside em Belo Horizonte-MG, é pastor na Igreja Batista da Lagoinha, professor no Centro de Treinamento Ministerial Diante do Trono (CTMDT) e editor-chefe do jornal Atos Hoje. Site: www.atilanomuradas.com

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli

Petição pede cancelamento de filme que descreve Jesus como lésbica

A petição, que já conta com mais de 137 mil assinaturas, é da Comissão Cristã de Cinema e Televisão internacional