22.9 C
Vitória
domingo, 22 maio 2022

Coloque um tempero no seu casamento

Mais Artigos

Alguns casais chegam à conclusão de que o seu casamento anda meio sem graça. A relação caiu na rotina, e o sentimento esfriou. Pensam, então, em “apimentar” um pouco as coisas. Para isso, se propõem a fazer algo que não têm costume de fazer… e que, muitas vezes, também não é aprovado por Deus. O resultado? Degradação no lugar de restauração! Fugir do habitual não é o que trará de volta a alegria e o frescor de uma união. Para que isso aconteça, é necessário enfrentar o desgaste do dia a dia com uma rotina de ações abençoadoras. É preciso combater fogo com fogo! A única coisa capaz de derrotar uma rotina cansativa é uma rotina amorosa. O apóstolo Paulo escreveu: “A vossa palavra seja sempre com graça, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um” (Colossenses 4.6). Quando temos esse cuidado diário, nossa relação se torna saborosa e fonte de grande satisfação. Com o que podemos temperar o nosso casamento? Eis aqui algumas sugestões:

Ternura. Prefira sempre a suavidade à agressividade. Utilize palavras e gestos doces. Como diz o ditado, “apanham-se mais moscas com uma colher de mel do que tom um tonel de fel”. Faça a experiência!

Emoção. Não tenha medo de expressar os seus sentimentos. Diga ao seu cônjuge o quanto você o ama. Faça isso com frequência. E certifique-se de que as suas ações corroboram as suas palavras.
Mansidão. A mansidão é um dos aspectos do fruto do Espírito, assim com o domínio próprio. Marido e mulher não devem ficar zangados um com o outro ao mesmo tempo. Precisam saber se controlar. Precisam contar até 10.

Paciência. Quem está preparando um prato saboroso não pode ter pressa. Às vezes nossas ações custam a produzir resultados, e nosso cônjuge leva tempo para mudar. Você precisa ser perseverante.

Esperança. Afaste os pensamentos pessimistas da sua cabeça. Jamais aceite a derrota. Risque a palavra “separação” do seu dicionário. Acredite sempre na reconciliação e na transformação. Use o tempero da fé.

Romantismo. Os pequenos gestos que davam sabor ao nosso namoro farão o mesmo se forem utilizados em nosso casamento. Sirva-se dos bilhetinhos, das flores, dos telefonemas, dos carinhos… e veja o resultado!

Oração. A oração é, provavelmente, o tempero mais importante. Assim como os outros, ela deve ser usada todos os dias. O seu poder, porém, é incomparável. Uma relação regada com oração certamente frutificará. Que Deus lhe dê sabedoria para colocar os temperos certos no seu casamento, e para utilizá-los em doses fartas e constantes. Lembre-se: o maior chef é aquele que está cozinhando um relacionamento feliz e abençoado… e o melhor de tudo é que ele é o primeiro a experimentar do prato!

Marcelo Aguiar é pastor da Igreja Batista em Mata da Praia

Matéria anterior Sem medo de falar
Próxima MatériaSucesso de vendas
- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas