20.9 C
Vitória
segunda-feira, 21 junho 2021

O circo virou igreja: família circense é alcançada em ação social

Com os laços de amizade firmados, surgiu a necessidade de ampliar o estudo da Palavra de Deus. Então, a lona do circo virou palco da mensagem de amor e esperança, e Jesus Cristo foi o centro das atenções por uma semana inteira

Uma ação inusitada se transformou em uma grande oportunidade de evangelismo e ação social no Distrito Federal. Durante uma das ações da Igreja Adventista do Sétimo Dia, alguns membros encontraram com um circo e os artistas. Como o trabalho circense estava interrompido, devido às restrições imposta pelo governo diante da pandemia, os voluntários distribuíram comida para o grupo, e a conexão logo oportunizou inclusive a realização de um culto na tenda do Circo Portugal.

Uma das organizadoras do projeto, Ana Ligia, explica que logo no início da pandemia ficou muito preocupada com as pessoas que estavam sem trabalhar e com isso foram iniciadas diversas ações para amenizar a situação. “Foi então que conhecemos o pessoal do circo. Fizemos quentinha, fomos distribuir e quando passamos no Circo começamos a cantar para eles. E uma das jovens começou a chorar. Aquilo me chamou atenção”, relembra.

De acordo com o site Notícias Adventistas, Ana foi para casa naquele dia com o coração apertado. Mesmo assim, arrecadou cestas básicas e voltou para entregar aos circenses. “Além das cestas, levamos para eles a Palavra de Deus. Fizemos um culto como se estivéssemos na igreja”, explica.

A trapezista, mágica e administradora do circo, Joice Portugal, pontua que a ação religiosa teve um grande impacto para o grupo. “Não temos palavras para agradecer pelo que eles fizeram pela gente. Não só por matar nossa fome, mas por trazer o alimento espiritual que estávamos precisando muito”, detalha.

Joice ainda menciona que o grupo levou esperança para os artistas. “Eles nos acolheram, vieram confortar, ensinar e fazer a gente entender o verdadeiro propósito de Jesus e falar da importância da Bíblia. Foi inexplicável”, expressa emocionada.

Método de Cristo

Com os laços de amizade firmados, surgiu a necessidade de ampliar o estudo da Palavra de Deus. Então, a lona do circo virou palco da mensagem de amor e esperança, e Jesus Cristo foi o centro das atenções por uma semana inteira. A programação aconteceu de 3 a 8 de maio, emocionou os artistas e despertou neles o desejo de conhecer mais sobre os assuntos espirituais.

O ancião de uma das igrejas participantes, André de Oliveira, esteve envolvido diretamente na organização da programação e detalha que tudo foi pensado e organizado com muito carinho.

“Levamos banda, presentes, cestas especiais para as mães. E no sábado tivemos uma grande celebração para encerrar a semana de oração, com lanche especial. Todos estavam arrumados para um dia de festa”, afirma ele, que destaca que os artistas pediram que a programação se repita uma vez por mês. Joice, a administradora do circo, explica que em 35 anos de atividade nunca tinha vivido uma experiência como essa.

“O circo se tornou uma igreja. Foi muito incrível. Meu pai, que tem 77 anos e nasceu no circo, também nunca tinha vivido uma experiência assim. Sentimos nos cultos algo incrível, sobrenatural, que não sei explicar. Agradeço à Igreja por ser tão humana e por ensinarem e demostrarem tanto amor, empatia e fé”, conclui.

*Conteúdo produzido do Rafael Brondani (Notícias Adventistas)

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se