back to top
18.8 C
Vitória
quinta-feira, 25 DE julho DE 2024

O caminho da esbórnia

Se esse é o começo do fim do mundo, posso lhes garantir que começaram bem. Imagina o que vem depois! 

Por José Ernesto Conti

Estou começando a ficar preocupado com nossos líderes. Alguns dias atrás, o Papa Francisco, repetindo o que havia dito em uma reunião fechada com os bispos, falou a um grupo de jovens sacerdotes que instruiria ao Dicastério para o Clero que não aceitassem homossexuais nos seminários católicos e que parassem com a “viadagem”.

Nesta semana foi o Lula. Ao liberar para a classe artística R$ 1,6 bi para a produção “cultural” na celebração pelo Dia do Cinema, o presidente disse a uma plateia de apoiadores, artistas e petistas que “artista, cinema e novela não é pra ensinar putaria”. A dúvida que fica é: ele está preocupado com esse assunto porque nossa produção cultural só tem feito, ao longo dos anos, putaria ou a putaria chegou a um nível que assustou até o Lula?

Para piorar ainda mais nossas vidas, vem o pastor André Valadão e avisa que os pais não deveriam enviar seus filhos à universidade. Disse ele que nossos filhos não estão preparados para enfrentar um ambiente tão depravado e libidinoso como são as universidades dos nossos dias.

- Continua após a publicidade -

Se a viadagem e a putaria estão preocupando Lula e o Papa, imagina um pai e uma mãe de família, tentando livrar desse atoleiro seus filhos, que não podem nem mais estudar em uma universidade, pois sua fragilidade ética e moral não suportaria os constantes ataques dessa turma que deve ter feito mestrado e doutorado nas universidades de Sodoma e Gomorra.

Se esse é o começo do fim do mundo, posso lhes garantir que começaram bem. A turma da viadagem e da putaria caprichou na preparação do “débuter”. Imagina o que vem depois!!! O que eles nunca poderão dizer é que ninguém os avisou para as consequências dessa esbórnia. O Apóstolo Paulo deixou claro que “por terem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável para praticarem cousas inconvenientes, cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade …” (Rm 1:28ss).

A responsabilidade da igreja, como último bastião da Palavra de Deus, cresce a cada dia. Boa parte da nossa liderança evangélica nutella, semelhante aos jovens do Pastor André, não estão preparada, entretanto, para enfrentar os desafios que se agigantam diariamente em um mundo que nos odeia. Serão esmagados sem compaixão pelo diabo e seus seguidores. Talvez a saída seja fazer um “supletivo” das verdades bíblicas para essa liderança atual e, assim, tentar, em um prazo curto, transformá-los em testemunhas (μάρτυρες – martyres) verdadeiras.

Que Deus tenha piedade do seu povo e volte logo, pois, se até Lula está preocupado com a queda moral da sociedade, é que a coisa está ficando feia!

José Ernesto Conti é pastor da Igreja Congregação Presbiteriana Água Viva e engenheiro mecânico.

Mais Artigos

- Publicidade -

Comunhão Digital

Continua após a publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

Entrevistas