19.9 C
Vitória
sexta-feira, 27 maio 2022

Novo modelo de recibo para dízimos e ofertas na igreja

modelo de recibo
Novo modelo de recibo para dízimos e ofertas. Foto: IATec

Modelo de recibo foi desenvolvido para a Igreja Adventista. Sistema que comprova devolução de dízimos e ofertas amplia mais as noções de segurança e transparência

Por Priscilla Cerqueira

O Instituto Adventista de Tecnologia (IATec) desenvolveu um novo modelo de recibo para dízimos e ofertas. Trata-se de um comprovante, com novo layout, com mais segurança, que tem informações adicionais como o extrato das últimas doações. O recibo apresenta uma marca d’água, que dificulta a tentativa de falsificações e fraudes.

“É uma forma do dizimista e ofertante verificar se o valor doado confere com o que consta do recibo. Sem falar no QR Code, um código que direciona a pessoa para um recibo digital garantindo, que foi emitido oficialmente pela instituição adventista”, explica Tiago Moisés, gerente de produtos para a área de Igreja no IATec.

Hoje, muitos membros da igreja tem preferido as doações on-line. Isso ficou ainda mais evidente com a pandemia, já que tudo agora é através da tecnologia. Como hoje o mundo gira em torno da internet, o site da igreja e o aplicativo móvel são ferramentas valiosas para o ministério e a transmissão ao vivo de seus serviços também!

Transparência

No caso da Igreja Adventista, o aplicativo 7me, cujo uso cresceu 268% durante a pandemia (entre janeiro de 2020 e setembro de 2021), é outro exemplo de uma maior preocupação com a transparência do uso de recursos.

O aplicativo permite a visualização de valores financeiros em distintas áreas, o que inclui ações evangelísticas, valores com construções, gastos ordinários, ações sociais, entre outras finalidades.

“Trabalhamos para futuramente incluir outras funcionalidades que facilitarão ainda mais a vida dos membros, especialmente quanto a questões financeiras. São investimentos simples, mas que evidenciam nossa intenção de darmos mais visibilidade dos recursos usados no avanço da obra de Deus”, ressalta o pastor Marlon Lopes, diretor financeiro da sede sul-americana adventista.

Saiba mais

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se