Novo chefe de justiça da Malásia é cristão

Foto: Reprodução Web

Dos mais de 31 milhões de malásios, cerca de 60% são muçulmanos. Os cristãos chegam a quase 10%

Richard Malanjum, de 65 anos, foi nomeado o novo chefe de justiça da Malásia. No país, a maioria da população é muçulmana. A nomeação dele ao cargo seguiu as eleições de maio, quando o antigo governo foi deposto.

Segundo informação divulgada pelo Missão Portas Abertas até agora, a suprema corte é vista como pró-islâmica. E para os não-cristãos algumas das decisões são controversas. Isso mostra que a Malásia está seguindo em rumo reformista.

Em outubro, Malanjun se aposenta. Apesar disso o mandato dele por der aumentado por seis meses. Segundo missionários da ONG que atuam na região, ele tem direcionado seu trabalho a fim de trazer justiça ao pobre. O antigo governo parecia apoiar radicais islâmicos que visam grupos minoritários, como os cristãos.

A Malásia tem hoje mais de 31 milhões de habitantes. Cerca de 60% são muçulmanos. Os cristãos chegam a quase 10%. E também há significantes minorias budistas e hindus. Dois terços dos cristãos vivem na Malásia oriental, local onde há apenas 30% da população. Richard é do estado de Sabá, na ilha de Bornéu. Lá os cristãos são predominantes.

*Com informações de Portas Abertas


Leia mais

Governo da Malásia devolve 35 mil Bíblias à comunidade cristã