21.2 C
Vitória
segunda-feira, 25 maio, 2020

Nos Estados Unidos, fé é prioridade de poucos

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Morreu de covid-19, pastor que afirmava curar a doença

Pastor Frankline Ndifor, de Camarões, morreu de covid-19 uma semana depois de começar a apresentar sintomas da doença. Ele vinha pregando ter o poder de cura da nova doença, por intermédio de orações

Ciclone Amphan atinge Bangladesh e Índia durante quarentena

Como se não bastasse o coronavírus, cristãos locais ainda enfrentam, o ciclone. Eles pedem oração e relatam a situação na região afetada pelo fenômeno natural

América do Sul é novo epicentro mundial da pandemia

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país mais afetado da América do Sul com a covid-19

Pará: pastores pedem volta de cultos presenciais

Reunião ocorre no dia do anúncio do governo de que o lockdown (bloqueio total) não será mantido na região metropolitana de Belém, após o domingo (24)

Aproximadamente 90 por cento dos Americanos, de acordo com o CIA World Factbook, se identificam com a religião. Porém, apenas 12 por cento dos Americanos adultos dizem que a fé é a prioridade principal de suas vidas, de acordo com um novo estudo apresentado segunda-feira pelo Grupo Barna.

Aproximadamente três quartos da população Norte-americana é Cristã.

“A distância é grande entre aqueles que se auto descrevem afiliados ao Cristianismo e os que declaram a fé sua mais alta prioridade,” comentou David Kinnaman, presidente do Grupo Barna, em um comunicado. “Quando se trata de por que a religião americana parece tão meramente superficial, este defasamento entre o que as pessoas chamam a si mesmos e o que priorizar seja talvez o mais revelador.”

Os 12 por cento que dizem que a fé é a maior prioridade em sua vida foi acima de nove por cento em 2008, mas abaixo de 16 por cento em 2006.

Olhando para a demografia da fé cristã, os evangélicos são os mais propensos a dizer que a fé é a maior prioridade na vida (39 por cento), enquanto os católicos são os menos prováveis (quatro por cento), de acordo com o estudo do Barna.

Notadamente, o estudo destaca que a porcentagem de católicos que dizem que a fé é a prioridade em sua vida é apenas ligeiramente superior que a dos adultos “sem Igreja” (dois por cento).

Aproximadamente um em cinco protestantes (18 por cento) e fiéis (18 por cento) – cuja freqüência de comparecimento à igreja não foi definido – dizem que a fé é a maior prioridade em sua vida.

O estudo Barna, realizado de 27 janeiro a 2 de fevereiro, utilizando uma amostra aleatória de 1.006 adultos americanos, buscou-se identificar a forma como a problemática da economia tem impactado as prioridades dos Norte-americanos.

De longe, a mais alta prioridade para os Norte-americanos é a família. Quarenta e cinco por cento dos Norte-americanos dizem que sua família é o aspecto mais importante em sua vida.

A segunda prioridade mais importante é a saúde / lazer / estilo de vida equilibrado (20 por cento), seguido pela riqueza / profissão / ganhar dinheiro / sucesso / finanças (17 por cento), e da fé (12 por cento).

Em termos de mudança de prioridade – um possível efeito da economia – o estudo do Barna descobriu que nos últimos dois anos, a percentagem de Norte-americanos que dizem que as finanças são a sua prioridade máxima aumentou de 12 por cento em 2008 para 17 por cento em 2010.

Também, mais Norte-americanos agora dizem que a saúde e o estilo de vida equilibrado (20 por cento versus 15 por cento) ou a fé (12 por cento versus 9 por cento) é sua prioridade principal comparado aos dois anos anteriores.

Curiosamente, há uma queda no número de Norte-americanos que dizem que família é sua prioridade máxima (45 por cento versus 52 por cento). No entanto, a família continua a ser a prioridade mais importante, para os Norte-americanos.

“A sabedoria popular diz que quando a economia declina, as pessoas se concentram mais no que é “básico,” como a família e fé,” comentou Kinnaman, que dirigiu o estudo. “Esta pesquisa põe o pensamento em questão, ou nos leva a refletir que a economia não tem sido ruim o suficiente para causar uma significativa re-priorização da família e da fé.”

Ele também observou que a fé é “a mais volátil” das prioridades no estudo Barna. A fé é a única prioridade que caiu a partir de 2006, depois cresceu “sugerindo a incerteza sobre a interação entre fé e finanças.”

“As pessoas não estão se voltando para outros – como membros da família ou de Deus – em face dos ensaios econômicos,” disse Kinnaman. “Em vez disso, eles estão se concentrando cada vez mais sobre si mesmos, tentando resolver seus problemas sendo mais “equilibrados” ou simplesmente “trabalhando mais duro.”

“[A] economia revelou Norte-americanos com fixação pelo individualismo e suas ilusões de ser auto-suficientes,” acrescentou.

O grupo Barna, um grupo de pesquisa e investigação focado nas tendências culturais e religiosas, planeja divulgar um relatório mais aprofundado sobre o impacto da economia sobre a crença religiosa e comportamental.

Fonte: Christian Post

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Live hoje (13): “Formação de discípulos: o que é, por que e como”

Iniciativa da “Década de Fazer Discípulos”, live com David Kornfield terá transmissão, pelos perfis oficiais de Homens Mentores e Mulheres Mentoras

1ª Jornada virtual de estudos em Direito e Religião

A 1ª Jornada virtual de estudos em Direito e Religião será dos dias 12 de maio a 2 de junho. Os pastores Jonas Madureira e Franklin Ferreira estão entre os palestrantes

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel

Orquestra virtual de crianças em “Trem das Onze”

O vídeo da Orquestra Virtual, com 23 participantes tocando em suas casas, faz parte de um programa da Secretaria Municipal de Educação do Rio...

Gateway Worship Kids em novo álbum musical

Grupo surpreendeu o público ao lançar o álbum “Todos Mis dias”. Gateway Worship Kids O grupo norte americano Gateway Worship Kids fez o lançamento do...

Quem foi John Wesley e qual lição ele passou?

O livro sobre John Wesley, editado pela Mundo Cristão, apresenta uma introdução detalhada de Paulo Ayres, profundo conhecedor do metodismo