20 C
Vitória
quarta-feira, 23 setembro 2020

Nos 500 anos da Reforma: falta reformar o coração

Leia também

Ainda não foi definida data para ‘follow on’ da BR Distribuidora, diz Petrobras

A venda das ações foi aprovada pelo Conselho de Administração em 26 de agosto, mas que a efetivação depende de diversos fatores

Em depoimento à corregedoria, Flordelis se emociona

Cabe ao plenário, no entanto, decidir se a acusação de assassinato é ou não motivo para perda do mandato de deputada

Especialistas e produtores se unem contra política ambiental do governo no STF

Camargo Neto afirmou que "infelizmente" foi preciso uma pressão externa para o Brasil colocar foco na preservação da Amazônia

A mola mestra da Reforma Protestante foi a necessidade de pôr o coração humano de volta em seu devido lugar; desconectá-lo do interesse pelas riquezas, motivador das indulgências; afastá-lo da ânsia por poder temporal; desligá-lo das ambições materialistas, entre outras necessidades.

Ao resgatar a justificação pela fé somente e os demais solas, estava-se mirando a pureza da vivência do Evangelho de Cristo no coração humano. Distantes do Evangelho resgatado pela Reforma, distantes do coração segundo Deus.

Jesus disse que Seus discípulos seriam reconhecidos pelo amor ao próximo (Jo 13:35; cf. 1Jo:3-10), amor que precisa ser demonstrado pela replicação do fruto do Espírito (Gl 5:22-23). Sem essas características ou a busca arraigada por elas, somos néscios ou farsantes e precisamos passar urgentemente pela reforma do coração. Porém, larga fatia da Igreja tem dado as costas para virtudes como mansidão, paciência e amabilidade e abraçado a agressividade como suposta “virtude” aceitável, ignorando o padrão bíblico (Ef 4:2).

As redes sociais permitiram, como nunca antes, a livre manifestação do pensamento. Mas inumeráveis cristãos têm usado esses espaços para mostrar o seu lado mais briguento, com ataques verbais a quem deles discorda. E isso é grave (Pv 3:31). Vemos todos os dias agressões, chacotas e ofensas entre calvinistas e arminianos; pentecostais e cessacionistas; ortodoxos e adeptos da missão integral; pedobatistas e credobatistas; e por aí vai.

Esse comportamento agressivo se reproduz também na postura de certos líderes com ateus, militantes gays e outros discordantes, quando a orientação bíblica é: “Irmãos, se alguém for surpreendido em algum pecado, vocês, que são espirituais, deverão restaurá-lo com mansidão” (Gl 6:1; cf. Cl 4:6; Mt 5:22). Agredir quem discorda de nós “em defesa do Evangelho” é absurdo.

Se os cristãos agressivos não passarem pela reforma do coração, teremos igrejas cheias de “defensores da sã doutrina” odiosos, ofensivos, ferinos, debochados, sarcásticos, verborrágicos, negativamente críticos e agressivos. Outro absurdo (Ef 4:29-32; Tt 3?2). A importância do domínio próprio é clara: “O tolo mostra toda a sua ira, mas o sábio a controla em silêncio” (Pv 29:11; cf. Gl 5:20; Ef 4;25-27).

“É da vontade de Deus que, praticando o bem, vocês silenciem a ignorância dos insensatos” (1Pe 2:15), por isso, precisamos encorajar os cristãos agressivos a não devolver mal com mal, a não usar palavras torpes, a ser pacificadores; em suma, a ser imitações de Cristo. Como disse Paulo: ‘Ao servo do Senhor não convém brigar mas, sim, ser amável para com todos, apto para ensinar, paciente. Deve corrigir com mansidão os que se lhe opõem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade’ […]” (2Tm 2:24-26).

É nosso papel pregar insistentemente o Evangelho do manso Cordeiro e do Príncipe da Paz, até que – queira Deus – os cristãos agressivos consigam contemplar a verdade e se convertam da destrutiva prática da agressividade “em nome de Jesus” para o transformador e libertador Evangelho da paz.

Maurício Zágari é teólogo, escritor, editor e jornalista. Tem nove livros publicados e é um dos autores da obra Uma nova Reforma (Editora Mundo Cristão)

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Fernando Miguel e sua relação entre a fé e o esporte

Líder nato e convicto do seu propósito, o atleta tem buscado cada vez mais superar desafios e perseverar nas dificuldades

Fé e gratidão! O Reencontro emocionante entre pai e filho

O emocionante reencontro entre filho e pai, que pedalava 13 km por dia para orar por ele. Saiba mais!

A história de Rute em espetáculo de ballet

Realizado pela Companhia Rhema de teatro e dança o Ballet Rute foi baseado na história bíblica de fé, perseverança e superação da jovem viúva e de sua sogra Noemi. Assista!

Um gesto de amor e fé de um pai para com o filho

Todos os dias, o pai percorre 13km para orar pela recuperação do filho de 27 anos, que está internado com covid-19, em um hospital de Indaiatuba (SP).

Como a frase “O justo viverá pela fé” implica na vida do cristão?

Pergunta enviada pelo leitor “O Justo viverá pela fé” está intimamente ligado a Hebreus 11:1 que diz: “Ora, a fé é a certeza daquilo que...

Chadwick Boseman, estrela de ‘Pantera Negra’ era firme na fé

Chadwick Boseman, que ficou mundialmente conhecido por interpretar o personagem Pantera Negra, morreu aos 43 anos após 4 anos de luta contra um câncer de cólon.

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Live Elementos Essenciais do Discipulado

Como os Estudos da Bíblia de Discipulado podem ser usados em microgrupos de discipulado entre pessoas recentes na fé. Saiba mais!

Live solidária: artistas em favor da Igreja Perseguida

Denominado de "Seja um com eles", a live solidária é um grito de ajuda a igreja perseguida. Paulo César Baruk, Rebeca Nemer, Eyshila, André Aquino são alguns dos convidados. Saiba mais!

Arte da Graça em casa; Conscientização do setembro amarelo

Em formato online, o evento une shows e workshops incentivando a tolerância, paz e música. Saiba mais!

Aquecimento Sepal 2020, com Edméia Williams e Rodrigo Gomes

Transmissão acontecerá nesta segunda-feira, 14 de setembro, às 19 horas. Saiba como participar!
- Publicidade -

Plugue-se

Qual o segredo para viver feliz?

É possível viver feliz neste mundo confuso e perigoso? Livro mostra como e onde podemos encontrar a ajuda para encontramos com a felicidade.

Vídeos sobre a Bíblia alcançam 1 milhão de pessoas no Tik Tok

Produzidos por Jey Reis, 17 anos, os vídeos diários, que são publicados no Tik Tok, falam sobre Jesus. Saiba mais! !

“Inesquecível”: a história da professora que morreu para salvar crianças

Filme vai contar a história da professora Heley de Abreu, que deu avida para proteger crianças de um incêndio, em Janaúba (MG). Saiba maiws!

Kemuel e Priscilla Alcântara conquistam Platina Triplo

Platina Triplo é uma certificação pelo grande alcance que as canções dos artistas tiveram nas plataformas digitais de música Nesta quinta-feira, 17, Kemuel e Priscilla...