26 C
Vitória
quinta-feira, 7 julho 2022

No Ritmo do Coração ganha o Oscar de melhor filme

Comunhao_filme
Vencedores do Oscar. Foto: Reprodução

O longa é uma refilmagem do francês A Família Bélier, de 2014, com o elenco formado por pessoas surdas

Por Mariane Morisawa (Agência Estado)

De Siân Heder, No Ritmo do Coração começou sua trajetória mais de um ano atrás, no Sundance Festival, de onde saiu com quatro prêmios e um contrato milionário com a Apple, que pagou US$ 25 milhões pelos direitos – no Brasil, porém, o filme está no Amazon Prime Video.

É o primeiro vencedor do Oscar de melhor filme que sai de Sundance. O longa é uma refilmagem do francês A Família Bélier, de 2014. A diferença é que, aqui, o elenco é formado por pessoas surdas.

O filme já tinha ganhado o prêmio de melhor filme do Sindicato dos Produtores e do Critics Choice, de melhor elenco do Sindicato de Atores e de melhor roteiro adaptado do Sindicato de Roteiristas.A vitória quebra vários tabus. É a primeira vez desde 1932 (Grande Hotel) que uma produção com três ou menos indicações leva o Oscar principal.

É o primeiro filme desde Os Infiltrados (2006) a vencer sem passar pelos festivais do outono no hemisfério norte. É o primeiro a ganhar sem uma indicação ao Bafta de melhor filme desde Menina de Ouro (2004). E o primeiro a ganhar melhor filme sem indicação ao prêmio do Sindicato dos Diretores desde Conduzindo Miss Daisy (1989).

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se