Nick Foles: “Meu ministério acontece no vestiário”

Foto: Reprodução

Fervoroso cristão, o jogador de futebol americano, Nick Foles, tem usado sua carreira para falar de Cristo por onde passa

Evangélico, Nick Foles, no seu perfil do Twitter se define como “Crente em Jesus Cristo, marido, pai, filho, irmão”. Nos últimos dias falou várias vezes sobre sua fé, dizendo, inclusive, que após encerrar sua carreira profissional, planeja se tornar pastor.

Nick é jogador do Jacksonville Jaguars, principal liga de futebol americano (NFL). Ele quebrou a clavícula esquerda no primeiro jogo como quarterback do time. Em novembro, relatou aos repórteres que conseguiu superar a grave lesão por conta de sua fé em Cristo.

Foto:

“Não era exatamente o que eu estava esperando quando cheguei ao Jacksonville. Mas eu disse: ‘Deus, se essa é a jornada que o Senhor tem para mim, eu vou Te glorificar em todas as situações, boas ou ruins’. Eu ainda posso ter alegria em uma lesão.

Quando você acredita em Jesus e sai para jogar, isso muda seu coração. Você só entende quando tem esse propósito em sua vida. A razão pela qual estou sorrindo é porque minha fé está em Cristo. Naquele momento, percebi que não precisava de um troféu para definir quem eu era, porque eu estou em Cristo”, disse Foles.

Nick Foles usa o esporte para falar de Deus para os atletas. “Meu ministério acontece no vestiário e pude conhecer pessoas através de uma lesão. Embora eu possa não estar jogando, isso é difícil do ponto de vista carnal. Mas, do ponto de vista espiritual, eu pude crescer como ser humano”.

Ministério pastoral

Em entrevista anterior, o jogador disse que planeja se tornar pastor de jovens. E já começou a estudar teologia.

“Eu quero ser pastor em uma escola. Está no meu coração. Dei um passo de fé no ano passado e me inscrevi para as aulas no seminário. Eu queria continuar aprendendo e desafiando minha fé. É um desafio, porque você está escrevendo trabalhos biblicamente corretos. Você quer impactar o coração das pessoas”.

*Com informações de Daily Wire


leia mais

Zagueiro Neto: “não desista dos seus sonhos”
Olivier Giroud: “Falo da minha fé sempre que posso”