“Jogador Neto” testemunha fé um ano após tragédia da Chapeoense

Zagueiro Neto testemunha o amor de Deus
Após a tragédia da Chapecoense, Zagueiro Neto só pensa em falar de Deus .

Zagueiro Neto sobreviveu ao acidente que deixou 71 pessoas mortas, em novembro de 2016. Jogador testemunha o que Deus fez em sua vida em várias igrejas do Brasil.

Um ano após a uma das maiores tragédias da história do futebol mundial, zagueiro Neto, um dos sobreviventes testemunha o amor de Deus. “A missão que tenho é ser jogador e falar de Deus”, disse o jogador.

Após sobreviver ao acidente, ele tem focado nos gramados, familiares e testemunhar em igrejas ao redor do Brasil. Em entrevista para o Globo Esporte, Neto disse que se tornou uma peça importante na vida das família das vítimas.

“Me sinto na obrigação de mostrar que eles (vítimas) estão melhor do que eu. Muitas vezes, eu sinto a dor que elas (esposas) estão sentindo. Sou um privilegiado. Não sou melhor do que ninguém. Não quero externar o que sinto, mas muitas vezes meu semblante diz o meu sofrimento. Me sinto muito abraçado por Deus e por pessoas que têm me ajudado a reerguer minha vida”, declarou.

Recuperado após a tragédia e de volta aos treinos na Chapecoense, o jogador tem sua vida voltada para a família. Além disso, faz questão de dar testemunho em várias igrejas do Brasil.

“Como vou nas igrejas, recebo muitas mensagens de que meu testemunho mudou o pensamento em relação a vida. Quando você ajuda o próximo, automaticamente está se ajudando. O que eu sempre procuro falar: ‘Tenha bom ânimo, vai dar certo, uma hora as coisas vão virar’. Acho que é a missão que tenho: jogador futebol e falar da missão de Deus”, disse o atleta.

Acidente aconteceu na madrugada do dia 29 de novembro de 2016. Ao todo, 71 pessoas morreram,  entre elas jornalistas, convidados e tripulantes, jogadores, membros da comissão técnica e da diretoria da Chapecoense.

Livro

A história de vida do atleta foi contada no livro “posso crer no amanhã”. A obra foi lançada em setembro. É uma autobiografia do jogador para conhecer o quanto a busca de um atleta profissional exige força de vontade e renúncias.

O livro mostra o relato de sobrevivência e fé do jogador. A mensagem de “Posso crer no amanhã” confirma o poder de um Deus que faz milagres e que continua a escrever histórias marcantes de quem tem um relacionamento íntimo com ele.