back to top
24.4 C
Vitória
segunda-feira, 22 DE julho DE 2024

Netanyahu determina evacuação da cidade de Rafah

israel_demanda_evacuação_rafah
Israel diz que Rafah é o último reduto remanescente do Hamas - Foto por: Amos Ben Gershom - Fotos Públicas

O primeiro-ministro israelense afirmou que é necessária uma ‘operação massiva’ em Rafah, cidade palestina fronteiriça ao Egito

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta sexta-feira, 9, ter ordenado o Exército do país a preparar um plano para evacuar a população de Gazah antes de uma esperada invasão à cidade no sul da Faixa de Gaza. Netanyahu fez o anúncio em meio a críticas internacionais ao plano de Israel de invadir a movimentada cidade na fronteira com o Egito.

Israel diz que Rafah é o último reduto remanescente do Hamas e que precisa enviar tropas para completar o seu plano de guerra contra o grupo militante islâmico. Mas cerca de 1,5 milhões de palestinos estão na cidade depois de fugirem dos combates em outras regiões de Gaza.

Netanyahu disse que é necessária uma “operação massiva” em Rafah. O premiê disse que pediu às autoridades de segurança que apresentassem um “plano duplo” que incluiria a evacuação de civis e uma operação militar para “colapsar” as unidades militantes restantes do Hamas.

Mais cedo, Israel bombardeou alvos em Rafah. Os ataques aéreos durante a noite atingiram dois edifícios residenciais, enquanto outros dois locais foram bombardeados no centro de Gaza, incluindo um que danificou um jardim de infância que virou abrigo para palestinos deslocados.

- Continua após a publicidade -

Vinte e duas pessoas morreram, segundo jornalistas da AP que viram os corpos chegando aos hospitais. Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -