25.4 C
Vitória
quarta-feira, 8 julho, 2020

Neemias: modelo para a sociotransformação

Mais lidas

Queimadas na Amazônia será proibido por quatro meses

Sob pressão de empresários e fundos de pensão internacionais, governo Bolsonaro prepara decreto com moratória para queimadas legais

Correios lançam selos em homenagem a ações de combate à pandemia

Em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), são seis selos assinados pelo artista Alan Magalhães.

Celso de Mello arquiva notícia-crime contra Augusto Heleno

Ministro do Supremo disse ser obrigado a seguir parecer da PGR. Saiba mais!

Reabertura das agências do INSS é adiada para dia 3 de agosto

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Confira!

Tenho refletido sobre o potencial que as pessoas têm na execução de pequenas coisas na busca para a sustentabilidade. Encontramos 12 dessas simples ações e ao alcance de qualquer pessoa no site do ex-vice-presidente norte-americano Al Gore, o www.climatecrisis.net.

A Bíblia nos convida ao “discipulado de nações”, nos chama à responsabilidade em guardar esse vasto “jardim de Deus”. Em Salmos 2:8 lemos: “Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e as extremidades da terra por possessão”. Aqui, está o chamado para a retomada de nossa responsabilidade.

Há uma distorção entre aquilo em que cremos e o que queremos com o que realmente executamos. E, muitas vezes, não executamos por falta de visão, e, se nos falta uma visão, nos faltará uma missão. Isso tem mantido muitos de nós paralisados quanto ao poder transformador colocado por Deus em nossas mãos e nas mãos da Igreja.

Seria tão bom se cada crente salvo por Jesus pudesse considerar a importância de termos, individualmente, um projeto de transformação, uma ação sob nossa incumbência que pudesse atestar a nossa atuação transformadora. Lucius Annaeus Séneca (Córdoba, 4 a.C. – Roma, 65 d.C.), contemporâneo de Jesus Cristo, nos deixou uma frase bastante instigadora: “Nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir”. Ou seja, para quem não sabe aonde quer ir, não há ventos favoráveis. Ou ainda, para quem não sabe aonde quer ir qualquer destino serve.

Diferentemente, agiu Neemias, que foi um agente de sociotransformação em seu tempo. Após 70 anos de cativeiro, Jerusalém, Israel, seu povo e seus negócios haviam sofrido graves revezes, uma verdadeira desestruturação. Havia miséria, desprezo, baixa autoestima em todos os níveis sociais. Comércio, religião, serviços e suprimentos estavam dizimados e, além de tudo, o povo vivia sob ameaça inimiga, submissos a toda e qualquer forma de opressão e medo. Esse foi o fato que chegou aos ouvidos de Neemias, o agente transformador, que era, até então, um simples copeiro do Rei, um escravo.

É muito fácil a busca de respostas quando o assunto é “Neemias” e a “desestruturação de Israel”. Todos temos um ponto de vista sobre as soluções a serem dadas em situações como aquela ou sobre que atitudes deveriam ser adotadas pelo copeiro do Rei. No entanto, como “copeiros do Rei”, o que temos feito em relação aos “fatos” que chegam ao nosso conhecimento? Sabemos as nossas próprias respostas. Isaías tentou argumentar com Deus, até que o Senhor o enlaçou com o laço da atribuição e, então, o profeta respondeu: “Eis-me aqui, envia-me a mim” (Isaías 6).

Faça uma pausa e comece a considerar que fatos estão acontecendo em “seu mundo” que lhe causam indignação.Faça uma lista. Não é muito difícil elaborar um rol de problemas que envolvem o “nosso mundo”: corrupção, sonegação, má distribuição de renda, cobrança exacerbada de tributos, educação descontinuada, idolatria, mídia contaminada, sexualismo descontrolado, homossexualismo, famílias desestruturadas, homicídios, tráfico e uso de drogas e armas, atos governamentais injustos e ilegais, Poder Judiciário que permite a injustiça etc. Quais são os fatos que lhe causam indignação? Quem pode ser Neemias? O que você está fazendo pela transformação? Que reação você tem quando os fatos chegam aos seus ouvidos?

Podemos ter duas reações: importar-se ou não. Se você não se importa, podemos conversar sobre isso numa outra oportunidade, mas se você se importa, comece pelas 12 ações propostas por Al Gore e avance pelo modelo de transformação social de Neemias, que não se acomodou em sua vida palaciana nem se acovardou pelo fato de ser um simples copeiro do Rei.
Nisso pensai!

Matéria anterior Outubro de 2010
Próxima MatériaPor que as pessoas não planejam?
- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Show drive-in do 3 Palavrinhas esse mês; Saiba mais!

O grupo infantil 3 palavrinhas vai se apresentar na Arena Sessions, no estádio Allianz Parque, em São Paulo dia 19 de julho Atenção criançada! O...

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Plugue-se

“Cristo em você”: Como a mudança de Deus vive através de milagres

 Filme até destaca como Deus trabalha nas nações europeias seculares.

Ator TC Stallings relata como conheceu Jesus em documentário

O filme vem após TC Stallings perder sua mãe e avó neste ano. Ele dedicou o documentário à sua mãe que morreu em 15...

Tito e Gabriella e Casa Worship cantam “Máscaras”

Música já está disponível em todas as plataformas de streaming. Tito e Gabriella e Casa Worship gravaram a música ao vivo em Goiânia

“Bíblia de Estudo Swindoll”: mais compreensão e curiosidades

Além de facilitar a compreensão, a "Bíblia de Estudo Swindoll" traz curiosidades sobre o livro mais vendido do mundo