23 C
Vitória
quarta-feira, 14 abril 2021

Não desperdice o coronavírus!

Mais Artigos

O poder de Deus para curar é inquestionável, tanto pelo milagre, como pela medicina. É bom e correto orar para que ocorram os dois tipos de cura

Há alguns anos, quando passava pela experiência de lutar contra um câncer, John Piper escreveu um texto intitulado “Não desperdice seu câncer”. Lembrei-me deste texto estes dias e fiz uma adaptação de parte dele para o momento que estamos vivendo. O poder de Deus para curar é inquestionável, tanto pelo milagre, como pela medicina. É bom e correto orar para que ocorram os dois tipos de cura. No entanto, para todos nós, infectados ou não, há algumas maneiras de desperdiçarmos o coronavírus.

1. Você desperdiçará o coronavírus se procurar consolo nas estatísticas ou na sorte e não em Deus.

Se você confiar nesta hora mais nas estatísticas sobre o coronavírus e sobre suas chances de escapar da infecção, terá confiado na coisa errada. As pessoas se consolam em estatísticas e probabilidades, mas os que confiam em Deus tem um outro referencial. “Alguns confiam em carros (percentagem de sobrevivência) outros em cavalos (efeitos colaterais do tratamento), mas nós confiamos no nome do Senhor, o nosso Deus” (Salmo 20.7). O plano de Deus é claro em 2 Coríntios 1.9: “Sentíamos como se nos tivessem mandado para o corredor da morte, que para nós tudo estava acabado…Em vez de confiar em nossa força ou em nossa capacidade de nos salvar, fomos forçados a confiar totalmente em Deus”. O alvo de Deus com o coronavírus (entre mil outras coisas boas) é tirar a nossa confiança de qualquer outra coisa que não seja nele.

2. Você desperdiçará o coronavírus se pensa que vencê-lo significa mais do que se relacionar com Deus.

Os propósitos de Satanás e de Deus com o coronavírus não são os mesmos. Satanás deseja destruir seu relacionamento de amor com Deus. Deus deseja que seu amor a Ele cresça. O coronavírus não vence se você morre. Ele vence se você não ama a Deus mais do que antes. O propósito de Deus é desmamar você das coisas as quais está apegado, para tornar sua vida mais apegada ao relacionamento de amor com Ele.

3. Você desperdiçará o coronavírus se passa mais tempo lendo sobre a doença do que lendo sobre Deus.

Não está errado saber sobre o coronavírus. Não há virtude na ignorância. Mas a tendência de procurar saber mais e mais sobre o coronavírus e, ao mesmo tempo, descuidar do zelo de conhecer a Cristo, é um dos sintomas da incredulidade. O propósito do coronavírus é o de nos acordar para a realidade de Deus. É para colocar sentimento e força no mandamento bíblico: “Conheçamos o Senhor; esforcemo-nos por conhecê-lo” (Oséias 6.3). É para nos acordar para a verdade de Daniel 11.32: “…mas o povo que conhece o seu Deus resistirá com firmeza”. Que desperdício do coronavírus se lemos dia e noite sobre a pandemia e não sobre Deus.

4. Você desperdiçará o coronavírus se permitir que ele faça de você um recluso, em vez de aprofundar seus relacionamentos com mais afeto.

Qual é seu principal dom ou habilidade? Use isto, mesmo em quarentena, para abençoar a vida de outras pessoas. Esse é o tipo de coração que Deus está procurando por intermédio do coronavírus: alguém que tenha grande amor pelas pessoas. Não desperdice o coronavírus, recolhendo-se para dentro de si mesmo. Esta é a hora dos discípulos de Jesus mostrarem ao mundo a razão da esperança que há em nós.

5. Você desperdiçará o coronavírus se se entristecer como aqueles que não têm esperança.

Estamos tristes por causa da pandemia no mundo, mas a nossa tristeza é diferente. Ela é cheia de esperança. “Digo a mim mesmo: a minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; é bom esperar tranquilo pela salvação do Senhor” (Lamentações 3 24-26). Não desperdice o coronavírus, sentindo a tristeza que sentem aqueles que vivem sem esperança. De outro lado, não guarde isto para si, mas mostre aos sem esperança, a Pessoa em quem podem encontrar a verdadeira esperança.

6. Você desperdiçará o coronavírus se continuar levando a vida como antes.

Você vai tratar as áreas da sua vida que precisam ajustes ou continuará vivendo a vida como antes? Se tudo continuar como está, você está desperdiçando o coronavírus. O propósito do coronavírus é te ajudar a refletir sobre a vida. Orgulho, avareza, lascívia, ódio, falta de perdão, impaciência, preguiça, procrastinação, incredulidade – todos esses são os adversários que o coronavírus deve atacar. Não pense apenas em como escapar do coronavírus. Pense também em atacar os vírus que já estão te destruindo silenciosamente. Todas essas outras coisas são piores do que o coronavírus. Deixe que o sentimento de eternidade faça com que as coisas temporais pareçam tão fúteis como de fato são. “Qual é a vantagem de conquistar tudo que deseja, mas perder a si mesmo?” (Lucas 9.25)

7. Você desperdiçará o coronavírus se não o usar como um testemunho da verdade e da vida em Cristo.

Discípulos de Jesus nunca estarão em qualquer lugar por acidente divino. Há razões para estarmos onde estamos. Considere o que Jesus falou sobre circunstâncias não planejadas, mas dolorosas: “Mas antes de tudo isso, prenderão e perseguirão a vocês. Então os entregarão às sinagogas e prisões, e vocês serão levados à presença de reis e governadores, tudo por causa do meu nome. Será para vocês uma oportunidade de dar testemunho” (Lucas 21.12-13). É assim também com o coronavírus. Será para você uma oportunidade de dar testemunho. Aqui está a sua oportunidade de mostrar que Cristo é mais digno do que a vida. Não desperdice essa oportunidade.

Josué Campanhã é Diretor da Envisionar
Adaptação do texto original de John Piper – Não desperdice o seu câncer

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas