27.3 C
Vitória
terça-feira, 31 março, 2020

Não apague seu futuro

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Rivaldo lança campanha para arrecadar alimentos

Rivaldo, usou sua rede social para propor um desafio aos seus amigos para ajudar as famílias que não tem o que comer na quarentena

Presidentes do Paraguai, El Salvador e Guatemala pedem a proteção de Deus

A América Latina se prepara para o Covid-19: "É claro que vamos orar!". Saiba mais! Quando o epicentro da pandemia do Covid-19 passou da China...

Número de mortes pelo novo coronavírus no Brasil chega a 159

Estados com mais casos foram São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará. Saiba mais!

Atletas mantêm vagas para os Jogos Olímpicos em 2021

COI confirmou que os atletas já classificados para os Jogos Olímpicos tem vaga assegurada. A nova data do evento será de 23 de julho a 8 de agosto de 2021

Estou preocupado com o futuro da Igreja. Nenhuma cultura tem futuro se não valoriza seu passado.

Uma das características mais marcantes do povo de Deus era a ida anual ao templo. Não era só uma ida à igreja, mas a grande oportunidade que o povo tinha de relembrar os atos de Deus em favor do Seu povo. A história de Israel era contada pelos mais velhos, cantada pelos mais novos, e vivida por todos. A Bíblia está cheia de referências dessas viagens que de certa forma marcaram a história do povo de Deus.

A história precisa ser contada para todas as gerações, permitindo que ao tomar conhecimento, cada pessoa sinta que faz parte de algo muito maior do que simplesmente ser mais um.  Qualquer ser humano, para viver, precisa de referenciais. São esses referenciais que indicam até onde devemos ou podemos ir, seja nas questões sociais, morais, políticas, pessoais e até religiosa. Certa feita Romário, referindo-se a Pelé, disse que quem gosta de “velharia” é museu!

É uma pena, mas todas as vezes que desprezamos nosso passado, ficamos sem referências em nosso futuro; logo, não podemos negligenciar nosso presente nem desprezar nosso passado. Relembrar como nossos antepassados conseguiram vencer as barreiras, como superaram os obstáculos muitas vezes quase impossíveis de transpor, é que nos ajudará a melhor enfrentar os desafios do futuro.

Não olhar para trás é abrir mão de uma grande ferramenta para superar todas as dificuldades. Sempre se lembre de que somos nós que escrevemos hoje,
a história de nosso futuro.

Ateufóbico ou incredulofobia?

“No princípio, criou Deus os céus e a terra” (Gn 1:1). Existe informação mais simples do que essa? Então, qual a dificuldade que a humanidade encontra para entendê-la de forma direta? O que tem levado o homem durante tantos séculos a ignorar essa informação?

Por que não dá para acreditar na teoria da evolução? Por duas razões: a) É a própria ciência quem afirma e define que, para uma “teoria” deixar de ser uma teoria, é necessário que seja provada. A evolução nunca foi; b) Crer na evolução tira de Deus o ato criador e coloca no “acaso” o poder de criar! E crer nesse “acaso criador” é como se jogássemos milhões de letras do cume do Everest e, quando elas chegassem ao chão, formassem sozinhas uma biblioteca inteira.

Por que querem desacreditar no ato criador de Deus como relatado no Gênesis? Só consigo imaginar uma única razão: ao mostrar que o relato do Gênesis é uma mentira, abre-se o precedente de que a Bíblia possui outros erros. A Bíblia deixa de ser o Livro de Deus e torna-se um livro humano. Simples né!!!

Confesso que estou com medo de que os ateus, em represália aos religiosos e só de raiva, passarem a acreditar em Deus e no criacionismo. Corremos o risco de a mídia dizer que os evangélicos estão com ateufobia ou somos incredulofóbicos. Coitadinho de nós.

Se liga, brother!

Há algum tempo assisti ao filme “Dormindo com o Inimigo”, com Julia Roberts. O filme é interessante, pois mostra que tudo era fantástico e com muito luxo, exceto por um detalhe: aquele sujeito maravilhoso com quem ela estava dormindo era um assassino. Em nossas igrejas, vemos jovens que estão, em seus relacionamentos, mantendo uma amizade que tem evoluído para um “dormindo com o inimigo”.

O que faz com que muitos jovens imaginem que a parábola do filho pródigo seja uma mentira? Por que muitos jovens ainda hoje precisam aprender pela forma mais difícil? Por que tantos jovens ainda estão trocando a verdadeira vida cristã por algo que na linguagem de Tiago (4:1) significa “militar nos prazeres da carne”?

Os jovens contestadores de hoje podem perguntar: qual o problema em ser amigo do mundo? O que importa é Deus saber que eu gosto mesmo das “paradas” da igreja e quando dá, eu até vou lá, porque o “tiozão” é meu brother!

Vou amaciar sua consciência. Tudo o que você tem que fazer é uma escolha. Tiago complementa: “Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo será inimigo de Deus”. A opção é toda sua!

Não tem como aproveitar o melhor do mundo e do céu. Isso é loucura. Agora que você já sabe, vá em frente. Mas deixa eu avisá-lo de três coisas: a) nesse teste não tem coluna do meio; b) ele termina no mesmo instante que sua vida acaba; c) ninguém sabe quando vai morrer. Logo, não é inteligente nem prudente ser negligente. O mundo não merece a sua amizade. Se liga, brother!

A matéria acima é uma republicação da Revista Comunhão. Fatos, comentários e opiniões contidos no texto se referem à época em que a matéria foi escrita.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Gospel Challenge: o desafio do melhor clipe! Aberta votação

Projeto inédito realizado pela Sony Music, o Gospel Challenge, que vai até 24 de abril, traz vários desafios para os cantores. Público também pode escolher o melhor clipe por votação. Saiba como!

“Superação” é o 10º álbum de carreira de Damares

"Superação" é o primeiro projeto musical no formato digital de Damares. Novo álbum terá 12 faixas. E já está disponível nas plataformas de streaming

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento

Vem aí o Festival de Cinema Cristão 2020

Entre as novidades do Festival desse ano estão a abertura para a categoria de filmes para surdos e mudos. Inscrições começam dia 1º de abril e vão até 30 de junho