23.9 C
Vitória
domingo, 5 julho, 2020

Na pandemia, consumidores priorizam pagamento de despesas básicas, diz pesquisa

Mais lidas

Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta

Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta

Presidente sobrevoou áreas afetadas por ciclone em Santa Catarina neste sábado

"Governo está a disposição para ajudar os atingidos", diz Bolsonaro. Confira!

Flexibilização do isolamento pode ter levado 1,1 milhão de volta ao trabalho

Segundo a Pnad Covid, pesquisa divulgada pelo IBGE, de 7 a 13 de junho, a taxa de desemprego no País estava em 12,4%, ante 11,8% na semana anterior

Decotelli sobre sua saída do governo: “Me sinto destruído”

Em uma entrevista concedida à Uol, o ex-ministro Carlos Decotelli afirmou que o racismo influenciou na sua demissão do Ministério da Educação

Em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, brasileiros priorizam o pagamento das contas básicas

Por Gabriel Caldeira (AE)

A perda de renda em meio à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus tem feito consumidores brasileiros priorizarem o pagamento das despesas domésticas mais básicas, segundo revela pesquisa da Boa Vista. Das cerca de 450 pessoas ouvidas pelo instituto, 43% dizem que preferem pagar primeiro contas relacionadas a consumos indispensáveis. Entre elas, as contas de luz (72%) e energia (63%) foram as mais citadas como prioridades, seguidas de TV a cabo e internet (42%) e contas de gás (40%).

Em último, apenas 17% dos consumidores citaram as despesas com telefone fixo.

Em segundo lugar, a prioridade de 30% dos entrevistados são as contas por boleto, como as de aluguel domiciliar (33%), planos de saúde (33%), condomínio (25%), educação (19%) e impostos como IPVA e IPTU (ambos com 17% das citações). Neste mesmo segmento de gastos, 15% dos consumidores citaram o seguro de automóveis e 7% disseram que o plano de previdência privada é a prioridade de pagamento.

Abaixo das duas primeiras categorias, o pagamento de cartão de crédito reuniu 13% das menções dos entrevistados. Menos priorizados pelos consumidores neste momento, financiamentos, empréstimos e crediários tiveram apenas 8%, 5% e 1% das citações, respectivamente.

A pesquisa feita pela Boa Vista colheu depoimentos de consumidores de todo o Brasil entre os dias 9 e 15 de abril. Segundo a instituição, o levantamento tem margem de erro de três pontos porcentuais, para mais ou para menos, e grau de confiança de 80%.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Kanye West anuncia nova música de trabalho com temática gospel

Em um vídeo curto Kanye West divulgou detalhes da melodia da canção "Wash Us In The Blood" (Lava-nos no Sangue)

Enciclopédia dos adventistas em formato digital

Enciclopédia é fruto de um trabalho de dezenas de profissionais em várias partes do mundo e inclui material sobre pioneiros adventistas na América do Sul

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura