23.3 C
Vitória
terça-feira, 16 agosto 2022

Na Estrada: Samuel Messias

“’Todavia Me Alegrarei’ é uma canção que vai ficar marcada na minha história e ela vai atravessar gerações”

Por Victor Rodrigues  

Uma promessa de Deus. Filho de ‘implantadores de igreja’, aos cinco anos de idade ele já estava fazendo o que mais gostava: cantar e escrever suas próprias músicas. A princípio, foi na adolescência que Samuel Messias começou a compor de verdade. Atualmente, suas canções são cantadas por milhões de pessoas em todo país.

Com a influência musical da família paterna, os primeiros acordes foram tocados no violão do pai, referência de vida para o cantor e parâmetro a ser seguido até hoje em sua carreira gospel. Primordialmente, os primeiros passos de Samuel na música foram antes dos 20 anos, no conjunto vocal MeloSweet.

Membro da mesma congregação de fé que o cantor gospel Willian Nascimento, durante um culto Samuel apresentou uma de suas composições, “Planos de Deus”, à igreja – uma ministração que abriu portas. Impactado com a música, Willian convidou o amigo para no dia seguinte apresentar seu talento na MK Music.

Intitulado “Teu Amanhã Será Melhor Que Hoje”, o primeiro single do artista, lançado em 2019 – mesmo ano que entrou para o cast de artistas da gravadora – alcançou mais de dois milhões de visualizações no YouTube.

O sucesso não demorou para acontecer. Após o início da pandemia de Covid-19 que alcançou o mundo em 2020, uma luz acendeu no coração das pessoas. Baseada em Habacuque 3:18, texto bíblico muito usado em momentos de tribulação, “Todavia me Alegrarei”, composição autoral de Samuel, foi uma das músicas mais tocadas no país.

Atualmente com mais de 128 milhões de visualizações no YouTube, a canção permanece na playlist “Sucessos Gospel” do Spotify e acumula mais de 21 milhões de ouvintes na plataforma de streaming. Covers do single também apresentam números expressivos.

Quebrando barreiras, Messias foi o primeiro artista gospel a participar do programa Ecoando Brasil, promovido pela Amazon Music e que entrevista artistas considerados grandes promessas da música nacional.

“Não tem nada que eu tenha feito para merecer isso, Deus me presenteou com esse dom maravilhoso de compor”

Promessa de Deus

Tudo começou como sonho no coração da dona Conceição, mãe de Samuel. Ela pedia a Deus um filho homem que sucedesse o ministério do pai, um músico que também era um implantador de igrejas. Após algumas tentativas de gravidez, nasceu àquele que “será um levita na minha casa e ganhará muitas almas para o meu reino”, como revelou um profeta à família.

O menino nasceu, cresceu e despontou com aptidão natural para a música. Ao que ele “crescia e se fortalecia”, sua mãe constatava a promessa de Deus. A relação familiar do cantor foi base para grande parte do sucesso que ele conquistou em sua carreira.

“Houve uma fase da vida em que eu queria ser famoso de qualquer jeito, mas eu queria as coisas à minha maneira e de acordo com a minha vontade. E para quem não sabe, após esse período que enfrentava, minha mãe liberou sobre a minha vida uma palavra e eu compus a canção ‘Prioridade’, sucesso na voz da cantora Midian Lima”, descreve o cantor.

Contratado como compositor da MK Music, atualmente Samuel é autor das canções mais ouvidas no Brasil, como “Não Pare’, interpretada por Midian Lima; “Tua Presença”, por Paulo Neto; “História de Davi”, por Ton Carfi, entre tantos outros sucessos.

“Não tem nada que eu tenha feito para merecer isso, Deus me presenteou com esse dom maravilhoso de compor, e a inspiração é cem porcento Deus. Eu procuro escrever as minhas canções baseadas na Palavra de Deus e eu só tenho gratidão”, relata.

Samuel Messias no Jesus Vida Verão 2022  

 

Uma vida de milagres

Membro da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro, o cantor Samuel Messias, acompanhado da esposa Larissa Araújo, renovou seu contrato com a gravadora MK Music em 2021, após quase três anos na casa. O artista também assinou um contrato como autor exclusivo da empresa.

No entanto, no ano de 2020 o casal descobriu que um filho estava a caminho. Logo, pouco tempo depois foram surpreendidos com um aborto espontâneo. Nesse interim ele escreveu a canção ‘Eu Não Perdi o Controle’ e o casal foi surpreendido novamente com outra gravidez.

“O Theo é uma resposta de Deus para nossas vidas. Então, essa canção “Eu Não Perdi o Controle” é mais que um lançamento, ela é uma resposta de Deus para minha família, é Deus falando para a gente, ‘eu não perdi o controle da situação de vocês’”, revela.

Para o cantor, ele ministra aquilo que ele está vivendo e é por isso que existe muita conexão entre as letras e o público. Muitas pessoas que o encontram lhe dão um abraço e começam a chorar de maneira inusitada, agradecendo-lhe pelas canções que tanto as abençoaram.

Expectativas

Após lançar o EP “Planos de Deus” em 2019 e “Samuel Messias ‘ao vivo’” em 2020 e 2021, o cantor está com um novo projeto, cujo lançamento teve início em 2021: o EP “Eu Não Perdi o Controle”.

Gravado ‘ao vivo’, no entanto sem a presença do público, por ter sido produzido no auge da pandemia, o trabalho contou com um coral black music e produção musical de Wesley Santos. “A gente preparou cinco canções totalmente ao vivo, com captação de áudio instrumental e vocal, e foi algo incrível. Na verdade, é o que eu amo fazer, cantar ao vivo, ministrar na igreja. A gente procurou extrair a minha essência e ser fiel nessa linha que o Senhor separou para que eu trabalhasse”.

O cantor afirma que o projeto está disponível em todas as plataformas de streaming e conta com participações de Midian Lima, Sarah Farias e ainda conta com uma terceira participação surpresa.

 

Todavia Me Alegrarei

De composição do próprio artista, “Todavia Me Alegrarei” é a canção mais conhecida de Samuel Messias. Confira!

Eu tenho um Deus
Que não vai deixar
Essa luta me matar
O desespero me tomar

Por mais pressão que esteja
A situação
O controle ainda está
Na palma de suas mãos

O choro dura uma noite, mas a alegria
Ela vem pela manhã
Eu creio, eu creio

O choro dura uma noite, mas a alegria
Ela vem pela manhã
Eu creio, eu creio

Ainda que a figueira não floresça
E não haja fruto na vide
E o produto da oliveira minta
Todavia eu me alegrarei (3x)

Assista 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se