21.1 C
Vitória
quinta-feira, 2 julho, 2020

Ludmila Ferber: Fé, coragem e amor

Mais lidas

Queimada na Amazônia em junho é a maior dos últimos 13 anos

Mesmo com o Exército na região, as queimadas na Amazônia têm maior número de focos de calor no mês desde 2007

Xavantes contabilizam 32 mortos e se unem para enfrentar a covid-19

O Conselho Indígena Missionário já contabiliza 380 mortes de índios no País. Saiba mais! 

Governo prorroga restrição para entrada de estrangeiros no Brasil

Portaria que estende o prazo saiu no Diário Oficial da União de hoje. Saiba mais! 

Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano

PEC foi aprovada na semana passada no Senado.

“Estou sendo aprovada por Deus, cumprindo o Seu chamado e vivendo aquilo que Ele quer que eu viva”, declarou a cantora

A separação após quase 30 anos de casada, seguida da descoberta de um câncer e da necessária diminuição das pregações para o tratamento. A vida de Ludmila Ferber parecia ter virado de cabeça para baixo, com problemas em sequência. Mas a fé inabalável em Deus e a vontade de viver e testemunhar Suas maravilhas predominaram.

Aos 54 anos de idade, 27 deles dedicados à carreira musical, ela está de volta ao trabalho, com a mesma disposição de sempre para cantar e ministrar a palavra. “Estou sendo aprovada por Deus, cumprindo o Seu chamado e vivendo aquilo que Ele quer que eu viva”, afirmou.

Quem convive com a pastora e compositora, um dos ícones da música gospel do Brasil, só lhe tece elogios: é forte, autêntica, destemida, sincera e completamente apaixonada pelo Senhor. “Ludmila é simples, se importa com as pessoas. Não é leviana, não usa máscaras, é forte e frágil, pede e oferece ajuda, oferece perdão com convicção e, por onde vai, expressa o amor de Jesus”, conta a pastora Cinthya Castello Bezerra, da Igreja Comunhão Cristã Resgate, no Rio de Janeiro, que conhece a artista carioca há 30 anos.

As mais de 200 composições, distribuídas em 20 álbuns, são testemunhos da vida com o Pai, de diversas experiências que a tornaram conhecida como a “profetiza que canta”. “Falo do amor de Deus que é real. Mesmo invisível, opera milagres, pois Ele me move, me põe de pé, me sustenta, me alimenta e faz com que minha fé seja absurdamente fantástica e inexplicavelmente operante. Deus tem se servido de mim, e não existe privilégio maior que esse. Mas, para respirar, viver, ministrar, cantar, tocar e compor, dependo completamente de dEle”, declarou Ludmila em seu retorno ao trabalho.

Foto: Renato Cabrini

Simplicidade e verdade no que fala são marcas registradas de sua jornada. “Olho para a Ludmila e vejo uma história de uma intensa e constante paixão por Jesus.

Ela tem temor ao Senhor, um desejo de acertar com fidelidade e integridade. Busca viver de forma genuína, autêntica, a Palavra de Deus e a Sua vontade”, relata Cinthya.

Suas canções, que remetem a cura e esperança, trouxeram-lhe notoriedade no meio gospel. Muitas, como “Sonhos de Deus” (2001) e “Nunca Pare de Lutar” (2004), têm transformado vidas em abundância. “Essas canções são atuais e continuam agindo de forma profunda na vida das pessoas, com curas físicas e emocionais. O espírito de Deus tem restaurado vidas”, completa a amiga.

Caminho do Milagre

“É de fé em fé e de glória em glória, no caminho do milagre.” Esse tem sido o lema de Ludmila desde que foi diagnosticada com um câncer no pulmão, em maio do ano passado. A cantora vem enfrentando a dura batalha contra a doença, com a certeza da cura.

“Ninguém irá calar a nossa fé ou roubar o nosso fôlego de vida. A fé é maior e mais forte que o medo, vence tudo. A gente entra numa dimensão onde os médicos não podem suprir as nossas necessidades. Mas Deus se manifesta para trazer a nós as ferramentas da nossa cura”, expressa.

Como o tratamento, a agenda de ministrações teve de ser reduzida, mas o ministério não parou. “Sou grata a Deus por todo o amor e apoio que tenho recebido. Creio que estou no caminho do milagre. Esta é a hora de profetizar as canções que têm abençoado tanta gente por todos esses anos”, ressalta.

Essa guerra é para a glória de Deus, diz Ludmila

Em suas redes sociais, a artista sempre publica mensagens de fé e de esperança. “Na tomografia de Deus já estou curada. Não há fio de cabelo que caia da nossa cabeça sem o conhecimento de Deus. Quem olha pra mim não imagina que eu já estive de cara com a morte duas vezes, porque é resultado do poder de Deus e de Seus propósitos para mim.”

“Vejo na Ludmila uma intensa e profunda busca da presença e intimidade com o Espírito Santo. Ela vive o que prega. E hoje, diante das lutas, dá mais uma vez o testemunho de fé que nos faz aprender a descansar e depender do Senhor”, enfatiza o pastor Carlos Café, amigo de longa data.

“Estar de pé, louvando e adorando ao Eterno, é resultado da graça, do amor e dos propósitos que Ele tem para mim. Quando eu acordo e me dou conta de que estou respirando, é um milagre para a minha condição. Para mim, tudo ganhou um tom diferente, uma cor mais viva. Entendo a vida como o mais precioso que temos”, comemora a compositora.

Renascimento e projeções

Foto: Renato Cabrini

Ludmila ficou três anos sem lançar músicas no mercado gospel. Mas, no último mês de abril, assinou contrato com a Sony Music e divulgou o single “Novo Começo”, de sua autoria, que faz parte do seu mais recente projeto musical com a gravadora.

Por isso, o momento é de celebrar o ministério.  “É um marco em minha vida, uma nova etapa diante de tudo o que eu estou vivendo hoje. Faz parte do caminho de milagres. Tenho vivido no tempo debaixo de um novo começo”, declara.

A parceria com a companhia resultou também em um catálogo com toda a discografia de sua carreira, que estará disponível nas plataformas digitais. “Em breve, as pessoas poderão ter acesso a todas as canções de todos os álbuns que lancei. São músicas que considero pérolas de Deus”, informa.

Diretor de A&R da Sony no segmento gospel, Maurício Soares enaltece o trabalho da sua contratada. “Ludmila é uma referência de qualidade, seriedade, comprometimento e música boa há muitos anos. Além dessas qualidades, acrescentam-se disposição, fé, carisma, alegria, vitalidade e esperança. Ela tem aprendido e se reinventado dentro do cenário digital, e essa sua vontade de mudanças tem sido impressionante.”

Cantar o amor do Altíssimo e os milagres que faz é o que a move a continuar no ministério. Parar, jamais! “Quero ser um canal de Deus por meio do qual multidões incontáveis estejam diante do trono da presença do Senhor. Deus usa o que Ele quer, quando Ele quer, quem Ele quer, da forma como Ele quiser, para alcançar o nosso coração e fazer uma obra onde o nome dEle seja glorificado, porque, acima de tudo, a glória é de Deus”, conclui.

Depoimento

“Nós nos conhecemos em 1998, e nosso relacionamento é uma aliança eterna de amor. A presença do Pai, seu sorriso, sua voz e seu olhar são o que a sustentam, da mesma forma, diante das mais árduas batalhas ou nos momentos de profunda alegria,  são o fôlego de sua vida. Cumprir o chamado é o seu ‘alimento’ (Jo 4:34). O suspiro de Ludmila por Deus é como uma canção de adoração, é inspirador e revela sua base em Cristo, a quem ela ama com todo o seu coração, alma, força e entendimento.”

Pastores Ebert e Renata Carvalho

Por Priscilla Cerqueira


Leia mais

Ludmila Ferber está de volta as ministrações
Ludmila Ferber – Fé, agradecimentos e milagres
A fé de Ludmila Ferber ao enfrentar o câncer

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli

Petição pede cancelamento de filme que descreve Jesus como lésbica

A petição, que já conta com mais de 137 mil assinaturas, é da Comissão Cristã de Cinema e Televisão internacional

Amanda Loyola lança seu primeiro single pela Sony

"Bússola" faz parte do primeiro EP da cantora pela gravadora, que conta com sete canções.

Músicos e artistas capixabas em “Carta para sociedade”

Em uma mensagem de esperança, Carta para sociedade conta com a participação de Alessandra Rangel, Jeremias Reis e outros músicos capixabas