23.8 C
Vitória
segunda-feira, 6 dezembro 2021

Israel Salazar: ultrapassando as barreiras da música

Cantor e compositor de mão cheia, ministrador da Palavra: “Deus é melhor e maior que qualquer habilidade, dom ou talento que Ele tenha me dado”

Por Priscilla Cerqueira 

Um pequeno notável! Em apenas cinco anos de carreira, ele já é um músico consagrado no cenário gospel do Brasil. Despojado, compositor de mão cheia, cantor e multi instrumentista, um ministrador da Palavra de Deus. Israel Salazar e seu pop rock, folk e canto congregacional, que ganhou o público evangélico.

Líder de Artes na Primeira Igreja Batista, em Marília (SP), Israel tem usado seus dons para edificação do Reino de Deus. Com três álbuns e vários singles de sua autoria já lançados, o cantor cresceu no evangelho, começou na música aos 6 anos, fruto da influência dos pais, que também são cantores, além de pastores.

“Comecei estudando bateria, depois aprendi outros instrumentos. Aos 17 anos, como não havia mais como crescer na minha cidade, em Palmas (TO), onde morava com a família, fui para Belo Horizonte (MG) estudar no Centro de Treinamento Ministerial do Diante do Trono, onde comecei a cantar”, contou.

A certeza do ministério de música como um chamado divino foi marcante. “Tive convicção do meu ministério durante um devocional na madrugada, quando Deus me perguntou se eu o amaria mesmo se Ele tirasse de mim os dons e talentos. Naquele momento tive um encontro com o Senhor e fui marcado para fazer o que faço hoje”, relatou.

Dois anos depois, com 19 anos, Israel passou a fazer parte do Ministério Diante do Trono, “que foi uma pós-gradução para mim”, ressalta. Do anonimato para a projeção.

“Sou extremamente grato a Deus pelo tempo em que estive no grupo, que me impactou, pois seus integrantes entendiam o impacto que poderia causar na vida das pessoas, influenciar era o propósito”.

Israel Salazar

Crescimento musical & câncer

De musicalidade marcante, o cantor vem demonstrando sua expertise com a música desde o seu primeiro álbum chamado “Jesus”, que foi lançado em 2015. Os arranjos diferenciados nesse projeto marcaram um novo tempo na vida do compositor. É que suas canções ganharam destaque nacional.

Seu segundo álbum, “Avante”, lançado em 2017, também foi destaque em diversas plataformas digitais e até hoje é cantado em diversas igrejas do país. Em 2018, Israel se reinventou e lançou dois singles “Fé inabalável” e “Move o sobrenatural”.

As duas canções ficaram marcadas em seu ministério por ter sido o período mais difícil que viveu em sua vida, ao enfrentar o câncer do tipo Linfoma de Hodgkin, que afeta o sistema linfático, responsável por prover imunidade ao corpo. Período em que o artista vivenciou o sobrenatural de Deus, mas foi curado.

“Quero que minha mensagem cantada seja conhecida por todos, proporcionando um ambiente através do qual o Espirito Santo tenha liberdade para fluir no meio da congregação”

“O Senhor nos sustentou, nos deu vitória. Foi um tempo de experiências profundas com Deus. Eu venci porque venceu primeiro por mim e eu pude chegar ao final desse tratamento, na expectativa de uma nova estação, de uma nova fase, de algo novo de Deus”, relatou na época.

No ano passado Israel lançou o DVD “Salazar ao vivo”, com vários singles e um EP com as músicas mais pedidas. Foi uma celebração de tudo o que Deus havia feito na vida do artista.

A cada dia, seu propósito é fazer com que sua mensagem cantada seja conhecida por todos, “proporcionando um ambiente através do qual o Espirito Santo tenha liberdade para fluir no meio da congregação, escrevendo canções cristocêntricas para a Igreja Adorar, levantando a próxima geração de Adoradores até que Ele venha”.

Convicto do que o Senhor confirmou em seu coração para fazer, Salazar prima por amar a Deus sobre todas as coisas e depois, “quero gerar impacto através da arte com unção em uma geração, fazendo com que a ferramenta da música alcance a maior quantidade de pessoas para que a mensagem seja conhecida!”

Israel_Salazar

Composições, projetos e o futuro

Sobre compor, eis aí uma grande paixão do artista. Israel é apaixonado por composição. “Escrevo canções por inspiração pura, ou trabalho inspirativo. As duas demandam trabalho, mas quando o processo é inspirativo é mais simples”, conta. E elas podem nascer dos momentos a sós com Deus. “Geralmente escrevo canções nos meus devocionais, ou porque sinto a necessidade de cantar sobre determinado tema!”

Em cinco anos de ministério, Israel perdeu as contas de seus momentos impactantes, com suas ministrações. “São muitas experiências marcantes, como 500 mil pessoas em Manaus (AM), gravar em Israel, cantar na piazza Duomo, em Milão, na Itália, sem contar as visitas às igrejas da Jordania e do Egito. Mas gravar no Sertão do Brasil foi uma das experiências mais lindas e ricas que tive na vida!”, relata.

Apesar disso, o artista afirma que ainda está engatinhando na carreira musical. Que ainda tem muito a realizar e ministrar por esse Brasil afora, levando a mensagem de Cristo. “Até aqui foi treinamento, terminamos o aquecimento e vamos entrar em campo!” brinca.

Projetos futuros

Por isso, seus projetos são grandes. Para o público que gosta de acompanhar a carreira do artista, Salazar não para. Ativo nas redes sociais, com suas canções sempre em alta nas plataformas de streaming, o cantor garante muitos lançamentos ainda este ano.

“Dois projetos já estão gravados em áudio e vídeo e vamos lançar este ano, além de outro que é autoral e está bem bacana. E se essa pandemia passar logo quem sabe um projeto Ao Vivo bem na pegada Salazar esse ano ainda? Tudo é possível”, conta ele, sem dar muitos detalhes, mas com bastante expectativa do que virá.

Canção ao cordeiro

De composição de Israel Salazar, “Canção ao Cordeiro” foi lançada em 2020, é uma das canções de maior sucesso do artista. Confira!

Vamos cantar uma canção ao Cordeiro
Vamos cantar uma canção ao Cordeiro
Vamos cantar uma canção ao Cordeiro, vamos
Vamos cantar uma canção ao Cordeiro

Quem é como o Senhor? Quem é como o Senhor?

Santo, és incomparável. Não há outro como Tu
Reinas sobre a terra e céu Pra sempre

Honra, glória, força e poder…Honra, glória, força e poder
Honra, glória, força e poder…Honra, glória, força e poder
Honra, glória, força e poder…Honra, glória, força e poder
Honra, glória, força e poder…Honra, glória, força e poder

Pra sempre, pra sempre

Confira a música mais famosa do artista “Canção ao cordeiro”

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se