Na Estrada com Cristina Mel

A artista foi uma das primeiras cantoras a realizar um trabalho para crianças.

“Não nasci em lar evangélico e devido à infância turbulenta me isolava, e os estudos eram minha fuga. Eu era uma adolescente triste e amarga. Aos 16 anos, com meus pais já divorciados, nos mudamos para a Ilha do Governador em busca de um recomeço em nossas vidas. Foi então que, em 1980, fui convidada a conhecer jovens americanos que visitavam o Rio de Janeiro, estratégia que uma amiga evangélica de escola sabiamente utilizou para que eu conhecesse o Salvador Jesus. Naquela noite de louvor, entreguei meu coração a Cristo, e Ele transformou o fel em mel.  Hoje Deus me usa no louvor para resgatar vidas. Sou fruto de missões”, relembra ela.

Formada em Letras, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a cantora chegou a lecionar inglês por 10 anos, sempre apaixonada pelo trabalho com crianças. No período em que atuava nessa área, passou quatro meses como missionária em Dallas, nos Estados Unidos. O início da carreira foi muito conturbado. Chegou a cantar em programas como o de Raul Gil e ganhar um concurso de calouros de uma atração comandada por Ivon Curi, quando foi chamada para gravar músicas seculares. Mas ela não aceitou, porque havia recebido um chamado de Deus e tinha certeza que Ele ira honrá-la nessa negativa.

Depois de 10 anos de conversão, Cristina encontrou Isaias Costa, seu marido, da Banda Shaddai, que a convidou para fazer backing vocal. “O início do meu ministério foi difícil como todo início sempre é, mas eu nunca desisti dos sonhos de Deus para minha vida. Prossegui sem olhar para trás, focando no alvo que é Jesus. Abri eventos para grandes bandas, como Rebanhão, Altos Louvores, Novo Som e Catedral. Era a queridinha das bandas”, conta aos risos. Em 1990, Isaias levou uma fita-cassete para a gravadora Bom Pastor, na época a mais conhecida do segmento gospel da América Latina. Lançou então o seu primeiro CD, “Tá Decidido”, produzido por Pedro Bracconot, do Rebanhão, e a partir daí foi um álbum atrás do outro, sendo que em alguns anos foram gravados dois projetos no mesmo ano. O primeiro CD infantil veio pela gravadora Line Records em 1999. “Amiguinhos do Coração” colocou em prática algo que Cristina desejava havia algum tempo. “Sempre amei as crianças. A Line Records foi a primeira gravadora a acreditar nesse sonho que nasceu no coração de Deus. Havia pouco material infantil  para os pequeninos, e isso me incomodava profundamente. Hoje, graças a Deus, a realidade é outra, mas ainda há muito a ser feito. Em 2014, completei 15 anos de ministério infantil e estou tendo o prazer de trazer um projeto novo, uma superprodução para as crianças e suas famílias, algo que vai impactar seus corações”, relata.

O álbum foi gravado pela Sony Music e conta com a participação da filha de Cristina, Isabella Mel, de 5 anos, na canção “Na Casa da Vovó”, um orgulho e a realização de um sonho para a cantora. “Gravar esse CD com a participação da minha princesa é maravilhoso. Bella sempre fez parte do meu ministério, desde bebezinha. Vê-la gravando, vocal e dueto, aos 5 anos de idade vem confirmar o chamado de Deus para sua vida. Ela dança, louva, e me emociono com a graça de Deus sobre nossas vidas”, ressalta. O projeto chega recheado de novidades, indo além das histórias bíblicas e investindo em assuntos atuais como pedofilia, bullying e internet. A direção musical e os arranjos são de Rogério Vieira, ganhador de cinco Grammys Latinos. As composições foram feitas por grandes nomes da música gospel brasileira, como Ziza Danese, Alberto de Mattos, Silas Jr., Jozy Santos, Renato César e Filipe Bittencourt.  Há ainda cinco canções de autoria de Cristina com seu marido.“Temos temas como monstros, mídias sociais ilimitadas, preguiça e falta de compromisso no geral, assuntos que têm bombardeado nossas crianças de uma forma assustadora.  Não podemos cruzar os braços e fingir que tudo vai bem. Deus me chamou para convocar todas elas a fazerem parte de um exército diferente, cujo general é Cristo! Existe uma guerra entre o bem e o mal, e precisamos brilhar na escuridão, preparando nossos filhos para essa batalha”, salientou.

“Espero que Deus me use poderosamente para abençoar as crianças do mundo, independente de religião, raça, língua ou condição social. Espero ser uma bênção para a Sony Music, trabalharmos juntos em favor das famílias e dos pequeninos. Quero ficar 100% focada no trabalho infantil”, conclui.

Contato

Telefone: (21) 3393-6598/3393–7219/99983-8142
Email: [email protected]
Site: www.cristinamel.com.br

A MATÉRIA ACIMA É UMA REPUBLICAÇÃO DA REVISTA COMUNHÃO. FATOS, COMENTÁRIOS E OPINIÕES CONTIDOS NO TEXTO SE REFEREM À ÉPOCA EM QUE A MATÉRIA FOI ESCRITA.