Mutirão de Natal promove ações solidárias arrecadando mais 400 toneladas de alimentos no ES

Há mais de 20 anos, a Igreja Adventista do Sétimo Dia faz um mutirão de Natal para oferecer uma festa mais digna às pessoas carentes, por meio da doação de roupas, alimentos e brinquedos arrecadados por voluntários e empresas parceiras.

 

Com o tema “Seja Feliz fazendo alguém feliz”, o Mutirão de Natal deste ano está acontecendo desde setembro e envolvendo membros de 400 igrejas adventistas do Espírito Santo. “Queremos fazer a diferença e proporcionar um Natal mais feliz às pessoas necessitadas, representando o cristianismo através de ações solidárias. Nossa expectativa é arrecadar 230 toneladas de alimentos só nas regiões central e norte do Estado”, destaca o diretor da Ação Solidária Adventista (ASA), responsável pelo projeto, pastor Antonio Junio Alves de Sousa.

Na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Carapina, em Serra, os membros se dividiram em equipes e saem uniformizados com camisas personalizadas do seu grupo para arrecadar alimentos e produtos de higiene. Todas as doações são colocadas na frente da igreja e farão parte do cenário de uma grande festa que será realizada no sábado (19), a partir das 9 horas. Serão mais de 40 famílias beneficiadas com cestas de alimentos e produtos.

Bazar Solidário

Para comprar cestas de alimento e doar no Mutirão de Natal, a Igreja Adventista do Sétimo Central de Vitória também decidiu fazer um bazar solidário. Além de ajudar a quem necessita com roupas a preço baixo, todo o dinheiro arrecadado será destinado a compras de donativos e alimentos. “Em 2014, recebemos mais de 3 mil peças, vendemos 2 mil e doamos as outras. Nossa expectativa é que este número aumente. Por meio dos recursos arrecadados, promovemos cursos de geração de renda para famílias que estão em situação de vulnerabilidade social em Vitória. No ano passado, por exemplo, montamos um salão de beleza e oferecemos cursos de beleza gratuitos para a comunidade”, explica Samuel Júnio de Oliveira Siqueira, diretor da ASA da Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Vitória.

Uma das voluntárias do bazar é a empresária Tina Barreto, que tem três lojas em Jardim Camburi, Vitória. Ela doou 80 peças de roupas novas. “Essa ação beneficia não só aquela pessoa que vai comprar a peça com um preço baixo, mas uma família inteira que será beneficiada com o dinheiro da venda, posteriormente. É um privilégio poder contribuir”, revela a empresária.

O projeto, que nasceu em 1994, é realizado em todo o Brasil. Igrejas, escolas, entidade de classe, órgãos governamentais, profissionais liberais e mais de 500 mil voluntários formam um exército que já recolheu alimentos das mãos de cerca de 1 milhão de doadores para formar 700 mil cestas básicas, auxiliando, até hoje, em torno de 2,5 milhões de pessoas de baixa renda. De 1994 a 2010, foram arrecadadas 29.346 toneladas de alimentos.

Além da doação de roupas e alimentos, o Mutirão conta com ações sociais e espirituais realizadas ao longo do ano, atendendo pessoas em situação de rua, presidiários e acompanhantes de pacientes em hospitais.