“Mundo vai acabar em fogo”, diz pastor ao resgatar alerta bíblico

(Foto: Reprodução / Internet)
(Foto: Reprodução / Internet)

“Os céus incendiados serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão”, completou o pastor Hernandes Dias Lopes, citando trechos da profecia bíblica no Novo Testamento

Uma lembrança de que a Bíblia Sagrada alerta sobre o fim dos tempos e como o mundo como é conhecido será destruído foi compartilhada pelo reverendo Hernandes Dias Lopes nas redes sociais.

O pastor presbiteriano usou sua página no Facebook para relembrar os usuários da rede social que a Bíblia traz a promessa de que o mundo não será novamente consumido pelas águas. Essa garantia é dada no livro de Gênesis, quando Deus prometeu que não faria isso novamente e selou sua promessa com o arco-íris.

“O mundo não vai acabar em água, vai acabar em fogo!”, escreveu Dias Lopes. “Não haverá um segundo dilúvio universal (Gn 9.11-13). O mundo não acabará em água”, acrescentou.

“O mundo será destruído pelo fogo: ‘Ora, os céus que agora existem e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios […] os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas […]”, escreveu.

Os céus incendiados serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão. Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça’ (2 Pedro 3.7,10,12,13)”, completou o pastor, citando trechos da profecia bíblica no Novo Testamento.

A publicação se tornou popular, com quase 5 mil reações e 1,2 mil compartilhamentos. O pastor, assim como seu colega de ministério e denominação Augustus Nicodemus Lopes, vem se tornando muito popular nas redes sociais devido aos vídeos de suas pregações.

(Foto: Reprodução / Internet)
(Foto: Reprodução / Internet)
Consagração

Há dois anos, o pastor contou que médicos sugeriram à sua mãe que fizesse um aborto para eliminar um risco de morte, mas que ela recusou e o consagrou a Deus. “É uma história muito curiosa. Quando eu estava no ventre da minha mãe, ela morava em uma região muito pobre e não tinha recursos médicos. Ela estava muito doente e um médico foi chamado para vê-la. Ele disse: ‘Essa criança não vai sobreviver'”, introduziu o pastor.

O pastor contou qual foi a decisão de sua mãe: “O médico disse: ‘Ela está muito fraca e a criança em agonia de morte. A única chance que ela tem é tirar a criança’. Minha mãe tomou outra decisão: ‘Não, eu não abro mão dos filhos. Estou pronta para morrer por eles’. Ela fez um voto para Deus”, relembrou.

“‘Meu Deus, se tu poupares a minha vida e a de meu filho eu quero consagrá-lo para ser um pastor’. Ela queria que Deus me chamasse e não que eu fosse sugestionado para ir ao seminário”, explicou Hernandes Dias Lopes.

“Eu só posso dizer para você que nada para mim é mais importante do que ser pastor e pregador do Evangelho. É a coisa mais sublime do mundo”, concluiu.


LEIA MAIS 

Confira a trajetória de Hernandes Dias Lopes 
Pr. Hernandes Dias Lopes afirma que momentos difíceis “são uma escola de Deus” 
Rev. Hernandes Dias Lopes fala como vencer os “Ladrões da Alegria”