Mulher desiste de suicídio após ouvir falar de Jesus

Pessoas que vivem perto da linha do trem. (Foto: Reprodução/IMB)
Pessoas que vivem perto da linha do trem. (Foto: Reprodução/IMB)

Após encontro com missionária, mulher desiste de suicídio e tem nova vida com Cristo

Os trilhos estavam duros e frios sobre as costas de Sona, enquanto se deitava imóvel sobre a linha do trem. Ela se esforçava para ouvir o som do trem, sabendo que logo em seguida ele apareceria para acabar com “sua miséria”.

Quando o marido morreu, Sona pensou que a vida não poderia piorar, mas estava errada. Ela ficou sozinha, sem renda, e descobriu que seu bebê tinha um problema cardíaco.

A criança foi submetida à cirurgia necessária, mas um longo caminho de recuperação teve de ser trilhado, e o processo era caro.

Sem a renda do marido e sujeita a essas circunstâncias, não havia como pagar as contas que só se acumulavam. Sem saída, Sona foi em direção aos trilhos, entendendo que essa fosse sua única maneira de “escapar” daquela realidade.

Aqueles pensamentos por um instante foram interrompidos pelo som de passos que se aproximavam. Assustada, ela procurou lugar para se esconder. Sem ter por onde escapar, relutou em levantar os olhos, mas recebeu de volta uma expressão de amor.

RESTAURAÇÃO

Seu olhar foi recebido por uma mulher cuja expressão irradiava bondade e preocupação. Sona lutou com as lágrimas quando se deparou com a pergunta sobre o que havia levado até aquele local.

Ela soluçou em lágrimas quando se lembrou da dor do ano anterior, e disse: “por favor, não há esperança para mim.  Apenas me deixe morrer”.

"Estou cheio de alegria e farei o trabalho dele até meu último suspiro."(Foto: Reprodução Thimothy Initiative)
(Foto: Reprodução Thimothy Initiative)

A mulher, missionária da ITT, compartilhou com ela sobre a esperança de Jesus. Ela falou da vida após a morte e da escolha de onde passar a eternidade. Dessa forma ao ministrar o amor de Deus, afastaram-se dos trilhos da ferrovia.

Dias depois, Sona retornaria, mas desta vez como filha do rei e funcionária da ferrovia.  O próprio lugar em que quase ela tirou a vida tornou-se um local de provisão e esperança. Sona revela a alegria e a esperança de conhecer Jesus.

“Meu Jesus me dá esperança. Estou cheia de alegria e farei o trabalho dele até meu último suspiro”, concluiu.

*Da redação de Comunhão, com informações de Thimothi Initiative


LEIA MAIS

Hernandes Dias Lopes: causas e prevenção para o suicídio